Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Geral 07/04/2017  16h16

Começa o 2º Hackathon Paranaense do Agronegócio

Maratona faz parte da ExpoLondrina 2017 e terá 60 participantes

Nestes três últimos dias da ExpoLondrina 2017, o auditório de vidro do Pavilhão Smart se transforma no espaço de desenvolvimento das equipes do 2º Hackathon Smart Agro. Como desafio os participantes terão o tema “Produtividades, Logística e Segurança”. Estão inscritos 60 participantes que se dividirão em equipes de até cinco membros cada.

A largada do “2º Hackathon Smart Agro ExpoLondrina 2017” começa nesta sexta-feira, 7, a partir das 21h. Antes, às 19h, no auditório, será realizada a cerimônia oficial de abertura do evento. Até 18h do domingo (9), perfazendo mais de 45 horas de trabalho, os participantes ficarão em produção e utilizarão a Bluemix da IBM.

Hackathon é uma maratona que reúne programadores, designers, empreendedores e outros profissionais (neste caso, ligados ao agronegócio), com o objetivo de desenvolver, em tempo recorde, um software que atenda ao desafio estabelecido pela organização, com soluções inéditas, criativas e tecnológicas, transferindo conhecimento ao agronegócio.

A maratona contará com 60 mentores, apresentações, brainstorming e discussões com convidados da comissão organizadora. As soluções propostas pelas equipes devem estar prontas até às 13h do dia 09 de abril, domingo, quando começa a análise dos projetos pela banca avaliadora.

Os três primeiros colocados receberão em prêmios os valores de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 1 mil, respectivamente.  Faz parte ainda da premiação, a incubação na Aintec/Intuel (UEL) na modalidade “pré-incubação”, consultoria ofertada pelo Sebrae Londrina e uma bolsa integral de MBA na unidade do SENAI em Londrina a ser cotizada entre os membros da equipe vencedora (1º lugar).

1º Hackathon Agro

O 1º Hackathon do Agronegócio reuniu, em 2016, 18 equipes, que ficaram durante três dias “em produção”, no auditório Milton Alcover. Eles utilizaram a plataforma Bluemix da IBM e tiveram mentorias (60 mentores), apresentações, brainstorming e discussões com convidados da comissão organizadora.

O 1º lugar, além do prêmio em dinheiro, participou de uma excursão ao Vale do Silício, nos EUA, no início de dezembro passado, com apoio da APEX. Vários participantes tiveram propostas de empresas do agronegócio para investimentos ou receberam premiações. Dos projetos apresentados, 13 estão sendo acompanhados pelo Sebrae Paraná.

A realização e organização do Hackathon 2017 é da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Senai, Sebrae, Codel, Sercomtel, UEL (Intuel/Aintec), IBM, APL de TI da região de Londrina, Cintec e Sinfor. 

ASCOM/EXPO

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios