Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Todos os finais de ano o ritual é o mesmo: logo que entramos no início de novembro várias lojas já anunciam as suas promoções e enchem as vitrines de enfeites. Anunciar o Natal antecipadamente é uma forma de estimular os clientes e aquecer as vendas o quanto antes.

A preparação para o Natal é importante para as lojas físicas. Inclusive, o mesmo pode ser dito a respeito das lojas online, ainda mais nos dias de hoje, em que comprar via internet deixou de ser um “bicho-papão” para muita gente.

Os sites estão cada vez mais seguros. Além disso, a praticidade do processo é um incentivo a mais, pois é possível escolher e comprar o produto sem sair de casa, tudo com apenas alguns cliques. 

Se preferir o cliente também pode comprar de onde ele quiser, caso tenha um smartphone em mãos.

Diante de tantas facilidades que as compras online, é um erro o gestor de um e-commerce não aproveitar o potencial de vendas que o mês de dezembro proporciona. 

O Natal pode ser uma festa tradicional, mas o jeito de comprar e vender não precisa ser o mesmo sempre. A internet está aí e a maioria dos clientes conhece as vantagens que ela oferece.

As lojas online prontas para receber os clientes

Existem períodos do ano em que os índices de venda possuem a tendência de aumentar. Em maio, por exemplo, a corrida é para presentear as mães. Enquanto em junho é hora de presentear o amor da sua vida.

Em dezembro é o Natal que faz os lojistas abrirem um sorriso de orelha a orelha. Os clientes querem comprar e a tendência das vendas é aumentar. 

Por isso, para evitar que a quantidade de acessos na loja online não prejudique o desempenho do site, uma das primeiras providências para assegurar o e-commerce funcionando 100% no Natal é adquirir um bom plano de hospedagem de site, caso ainda não tenha o seu clique aqui.

Contudo, é graças a um serviço de web hosting qualificado que a loja online vai ter condições de suportar o volume de tráfego elevado, típico do final de ano. 

Além disso, um plano de hospedagem adequado para um e-commerce oferece outros recursos. Um deles é o certificado SSL. Esse atua na loja virtual como uma maneira de garantir a segurança do site. 

O SSL é baseado em uma tecnologia de proteção conhecida como criptografia. Graças a ela as senhas e demais dados importantes (seus e dos clientes) são devidamente protegidos.

Os consumidores, com toda a razão, não querem se deparar com armadilhas na hora de efetuar compras online. Por essa razão, para evitar que o Natal seja motivo de dor de cabeça, eles estão cada vez mais atentos para essa questão de segurança dos sites.

Basta eles visualizarem um cadeadinho verde no canto superior para saberem que ali, naquele e-commerce, poderão encher o carrinho de compras sem temer hackers e golpistas. Não é à toa que o certificado SSL é uma maneira de garantir um atendimento de qualidade.

Feliz Natal, próspero ano novo e uma excelente experiência de usuário

Preparar a loja online para o Natal implica em estabelecer uma experiência agradável de navegação para os clientes. 

Se a hospedagem é importante para manter o site online e ainda proporciona backups frequentes, lembre-se que manter um site com layout amigável, responsivo, é a maneira que o empreendedor tem de abrir as portas e dar as boas-vindas para os visitantes.

Um layout confuso e que proporciona uma navegação truncada e sem nenhuma praticidade, causa uma má impressão no cliente. Nesse caso, confira algumas dicas para um e-commerce acolher bem o público no Natal. 

Uma boa plataforma

Especialmente para quem está montando um e-commerce, a plataforma é um detalhe fundamental. O WordPress, por exemplo, é uma boa opção e ainda conta com plugins dedicados para lojas online, como o WooCommerce. 

Há também a plataforma Magento, uma ferramenta gratuita e projetada para criar um e-commerce. O Magento possui uma série de recursos ideais para vender e atender bem os visitantes.

Imagens nítidas

Ninguém quer gastar dinheiro em um produto de qualidade duvidosa. Por isso, fotos de produtos com resolução baixa e mal tiradas são a melhor maneira para fazer o cliente abandonar a loja e nunca mais acessá-la.

O ideal é apresentar fotos de vários ângulos, com boa resolução e capazes de deixar em evidência todos os detalhes da mercadoria.

Descrições completas

Se a imagem é importante, as palavras também. Sendo assim, além dos preços, é fundamental que alguns produtos tenham informações relevantes, tais como instruções de uso e cuidado no manuseio. 

Quanto menos dúvidas e mais certezas o consumidor tiver, maiores são as chances de venda. Por isso, vale a pena investir tempo no conteúdos dos produtos para vender mais no Natal. 

Promoções e facilidades

No Natal é normal os clientes procurarem facilidades para compras. Aí chega a hora de planejar flexibilidade nos fretes e promoções mais convidativas.

Além disso, é bom pensar em deixar o e-commerce cada vez mais acessível e visível para os clientes. Fazer um cadastro no Google Meu Negócio auxilia nessa parte.

Conclusão

“Então é Natal”, diz aquela conhecida canção. É uma época aguardada pelo comércio, especialmente pelo comércio eletrônico.

Portanto, se quem tem um e-commerce não quer desperdiçar esse período favorável do ano, é importante manter tudo preparado, aguardando as visita dos clientes.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios