Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em homenagem aos 105 anos do Corpo de Bombeiros do Paraná comemorados neste mês de outubro, foi entregue nesta semana, no Quartel do Comando, em Curitiba, a medalha Carlos Cavalcanti de Albuquerque para 17 pessoas, entre oficiais da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Marinha, do Exército, da Força Aérea, da Justiça Federal e de outros órgãos que atuam em parceria com a segurança pública do Paraná. A medalha é a maior honraria da unidade.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Fábio Mariano de Oliveira, entregou um livro ao ex-comandante da instituição, coronel Juceli Simiano Júnior, com todas as lembranças dos 35 anos de serviço que aplicou pela segurança pública do Paraná.

A medalha Carlos Cavalcanti de Albuquerque foi instituída em 2006 para homenagear os militares e civis que dedicaram esforços para contribuir com a instituição e bem servir a comunidade.

CONDECORAÇÃO - O chefe do Centro de Operações Bombeiro Militar, tenente-coronel Manoel Vasco de Figueiredo Júnior, foi condecorado com a medalha Carlos Cavalcanti de Albuquerque e agradeceu a homenagem. “Para mim é uma satisfação e um grande orgulho. Hoje com 27 anos na instituição tenho o privilégio de receber das mãos do Comandante do Corpo de Bombeiros uma honraria tão significativa. Muitos comandantes receberam, mas quando chega a nossa vez é um momento muito especial”, afirmou.

Josefina Maria Rosário Severino foi contadora do Corpo de Bombeiros de 2003 à 2017 e disse que se sentiu realizada ao receber a medalha.
“São 105 anos de atos de heroísmo diariamente atendendo a sociedade nos momentos mais críticos, sempre com muita técnica e profissionalismo. O Governo do Estado está ciente desse empenho e contratamos mais bombeiros, novas viaturas e estamos com o projeto da construção da unidade de ensino que vai proporcionar mais qualidade na formação de integrantes a instituição?, disse o secretário estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita.

ATUAÇÃO - O comandante-geral da PM, coronel Maurício Tortato, enalteceu a atuação do Corpo de Bombeiros e de seus integrantes, lembrando que é um momento muito digno, e que a cada ano a instituição aumenta o peso estratégico na segurança pública perante a comunidade. “Ao mesmo tempo que comemoramos o aniversário, também lembramos daqueles que contribuíram para esse processo de engrandecimento que qualifica todos os profissionais que fazem seu melhor seja na água, na terra e no ar”, disse.

Na leitura da ordem de serviço do dia, o coronel Fábio reforçou a importância de manter o legado de 105 anos de história, construído por praças e oficiais. Salientou ainda o apoio do Governo do Estado em investir na educação continuada dos profissionais por meio de cursos de especialização para aperfeiçoar as ações especiais de socorro, bem como a aquisição de novas viaturas, e a construção de uma unidade de ensino em São José dos Pinhais, que está na adesão de licitação.

“Nós agradecemos a credibilidade da comunidade, são 105 anos servindo a nossa população paranaense e todos os resultados são reflexo do investimento aplicado, tanto na capacitação quanto em novos equipamentos. O grande desafio é esse, manter o legado daquelas pessoas que nos antecederam”, afirmou.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios