Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cidades ficam nos estados do Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná e Rio Grande do Sul

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Defesa Civil Nacional, vai repassar quase R$ 3,68 milhões a oito municípios brasileiros atingidos por desastres naturais. A decisão foi publicada na edição de quinta-feira (1º) do Diário Oficial da União (DOU).

O maior volume de recursos será destinado às cidades amazonenses de Itacoatiara, Maraã e Japurá, que terão, respectivamente, R$ 1,45 milhão, R$ 839 mil e R$ 882 mil para a compra de kits de alimentação, locação de embarcações e outras ações contra as inundações que atingem o estado. Desde o início da temporada de cheias nos rios, o Amazonas já recebeu quase R$ 40 milhões em recursos da Defesa Civil Nacional.

Atingida por chuvas intensas, a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará, vai receber quase R$ 180 mil para a reconstrução de bueiros. Toda a região Norte já recebeu mais de R$ 70 milhões para ações de resposta aos desastres naturais deste ano.

No Sul, o município paranaense de Coronel Vivida terá acesso a quase R$ 140 mil para a compra de cestas básicas após ser atingido por granizo. Já Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul, receberá R$ 111 mil para aluguel de carros-pipa e compra de cestas básicas em resposta à estiagem.

E na Região Sudeste, as cidades de Alto Jequitibá, em Minas Gerais, e Alegre, no Espírito Santo, terão, respectivamente, quase R$ 50 mil e R$ 21 mil para reconstrução de estruturas públicas danificadas por chuvas intensas.

Como solicitar recursos federais

Para solicitar os recursos federais destinados a ações de Defesa Civil, os estados e municípios afetados por desastres naturais devem ter decretado situação de emergência ou estado de calamidade pública. Em seguida, o reconhecimento federal deve ser solicitado ao MDR, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). O pedido deve atender aos critérios da Instrução Normativa n. 36/2020.

Após a publicação do reconhecimento federal por meio de portaria no Diário Oficial da União (DOU), o estado ou município pode solicitar recursos para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre. Com base nas informações enviadas por meio do S2iD, a equipe técnica da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Ascom/MDR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.