Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

 “Que essa condenação sirva de exemplo para os covardes que cometem crimes contra as mulheres”, declarou o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná, sobre a condenação de Luis Felipe Manvailer a 31 anos, 9 meses e 18 dias de prisão pelo homicídio qualificado da esposa, Tatiane Spitzner.

Em júri popular que chegou ao fim na segunda-feira (10), após sete dias de julgamento, Manvailer também foi condenado por fraude processual. A decisão é passível de recurso. O caso aconteceu em julho de 2018, em Guarapuava. Tatiane foi encontrada morta após uma queda da sacada do apartamento onde morava com Manvailer. Laudo atestou asfixia mecânica como causa da morte de Tatiane. Manvailer está preso na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG) há dois anos e nove meses.

O deputado reforça que a divulgação dos canais de denúncia e das ações das redes de apoio às mulheres é de fundamental importância e alerta também o fato de que muitos casos de violência nem chegam às estatísticas oficiais! “As autoridades policiais afirmam que a violência continua acontecendo, só que as vítimas, muitas vezes, acabam sendo intimidadas a não denunciar. Precisamos mudar essa triste realidade! Sou autor de um projeto de lei para instituir, em caráter permanente, a Força-Tarefa de Defesa da Mulher de prevenção e combate aos crimes contra as mulheres integrada por representantes dos três Poderes do Estado e da sociedade civil”, lembrou o deputado Cobra Repórter.

O deputado reforça que, em caso de flagrante ou que a situação de violência esteja ocorrendo naquele momento, a vítima tem que ligar para o número 190. Para denunciar anonimamente, o telefone é o 181. “Não deixe de registrar a violência, mesmo que ela tenha sido cometida dentro da família ou por pessoa próxima. A Polícia Civil mantém delegacias especializadas em todo o Estado, mas todas as unidades estão aptas a atender vítimas de casos de violência”, reforçou o deputado.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.