Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mais de 150 pessoas participaram, nesta quinta-feira (28), de uma atividade preparatória para a 10ª edição da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, que irá ocorrer em Londrina nos dias 8 e 9 de novembro deste ano. O encontro foi no auditório da Igreja Nova Aliança, na região central, e participaram dos debates conselheiros do segmento, profissionais da rede de atendimento municipal à criança e ao adolescente, conselheiros tutelares e representantes de diversas entidades, entre igrejas, escolas e Organizações Não Governamentais (ONGs). Estiveram presentes representantes das secretarias municipais de Saúde, Assistência Social e Educação.

Foram colocados em pauta assuntos integrados ao tema “Proteção integral, diversidade e enfrentamento à violência”, que será o mote da próxima Conferência Municipal, organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Uma mesa-redonda trouxe ao público os eixos principais que irão nortear, nos próximos meses, as pré-conferências em todas as regiões de Londrina, e conferências livres, antecedendo o evento principal, em novembro. Participaram da apresentação e debates a promotora de justiça Josilaine Aleteia de Andrade, do Ministério Público do Paraná; Jaqueline Ferreira como representante do Núcleo Regional de Educação; Flávia Fernandes Carvalhaes, psicóloga do CREAS II de Londrina; Gisele Tavares, assistente social da Secretaria Municipal de Assistência Social; Reinaldo César Zanardi, jornalista e docente da UEL; e Marco Antônio da Rocha, assistente social que atua no Ministério Público do Paraná.

De acordo com a presidente do CMDCA, Rejane Romagnoli Tavares Aragão, o encontro surtiu o efeito esperado e contou com participação efetiva dos participantes, que se manifestaram e expuseram suas ideias, servindo para fortalecer a mobilização e ampliar a divulgação da 10ª Conferência. “O evento completará 10 anos nesta edição, então será um momento bastante especial para todas as pessoas da sociedade e do Município que estão envolvidos nos trabalhos direcionados a resguardar os direitos das crianças e adolescentes, com ações de proteção, acesso a serviços, defesa da diversidade e o enfrentamento à violência. A ideia é sempre construir as ações em conjunto, de forma intersetorial”, destacou.

Ainda segundo Rejane, a capacitação do encontro de hoje e as atividades preparatórias à Conferência estimulam o diálogo e a aprendizagem, dando voz a crianças e adolescentes e a quem trabalha dando assistência e suporte a eles na cidade. Ela informou que, a partir do dia 14 de julho, terão início as pré-conferências, que irá totalizar, até o mês de setembro, 22 encontros em todas as regiões de Londrina, incluindo distritos e assentamentos rurais.“Paralelamente, está aberto para as entidades e órgãos como escolas, ONGs, igrejas e outras, a organização suas conferências livres para debater os temas e trazer novas propostas e ideias que serão abordadas na décima edição da Conferência”, acrescentou.

Quem tiver interesse em conhecer mais detalhes e obter informações sobre as atividades pode acessar o portal da Prefeitura, no endereço www.londrina.pr.gov.br . Basta acessar o menu principal e selecionar a área de Conselhos, depois a opção CMDCA.

Eixos - A 10ª Conferência Municipal, que acontecerá nos dias 8 e 9 de novembro deste ano,  apresentará cinco eixos centrais de debates: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes; Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; e Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.

O objetivo é proporcionar um ambiente livre e democrático, aberto a qualquer cidadão, visando ampliar a participação da comunidade no planejamento, controle e fiscalização das políticas públicas.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.