Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Entre os projetos está a concessão à iniciativa privada de 22 aeroportos, 7 rodovias, 9 terminais portuários, 2 ferrovias e a renovação antecipada de quatro contratos de transporte ferroviário de cargas

O governo pretende realizar leilões de 40 a 44 ativos de infraestrutura em 2020. De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a expectativa é que os projetos de concessão de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias alcancem R$ 101 bilhões em investimentos durante o período de duração dos contratos.

Entre os projetos está a concessão à iniciativa privada de 22 aeroportos, sete rodovias, nove terminais portuários, duas ferrovias e a renovação antecipada de quatro contratos de transporte ferroviário de cargas.

Um dos destaques vai ser a Nova Dutra, rodovia que liga o Rio de Janeiro e São Paulo. A concessão atual vence no início de 2021, mas o governo quer realizar o leilão em 2020. A expectativa é que o empreendimento gere investimentos de R$ 13 bilhões.

“Eu, particularmente, até acho que o grande leilão do ano que vem é a Nova Dutra, pela quantidade de investimentos que virão pelo Capex, pela intensa concorrência, que com certeza haverá, e a gente pode até imaginar uma boa arrecadação em termo de outorga”, disse.

O ministro também destacou a concessão da BR-163 no trecho entre o Mato Grosso e o Pará. A previsão é que seja concedido para a iniciativa privada o trecho de 970 quilômetros entre Sinop (MT) e Miritituba (PA).

Além disso, o governo também quer leiloar a BR-101, em Santa Catarina. O leilão de privatização está previsto para o dia 21 de fevereiro. Já na parte de ferrovias, o destaque vai para a concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), no trecho entre Ilhéus e Caetité, na Bahia; e da Ferrogrão, no trecho de 1.142 quilômetros entre Lucas do Rio Verde (MT) e Miritituba (PA).

Agência do Rádio

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios