Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão beneficiadas famílias de Carambeí e Leópolis, no Paraná, e Guaramirim, em Santa Catarina. Unidades habitacionais atenderão quase 2 mil pessoas

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) está entregando 456 moradias para famílias de baixa renda em Carambeí e Leópolis, no Paraná, e Guaramirim, em Santa Catarina. No total, as unidades habitacionais devem beneficiar quase 2 mil pessoas nos três municípios. Mais de R$ 31 milhões foram investidos pelo Governo Federal nos empreendimentos.

“O presidente Bolsonaro tem dito reiteradamente para darmos continuidade às obras e às entregas sob responsabilidade do nosso ministério. Essas unidades habitacionais representam uma mudança de vida e a conquista de mais dignidade para as famílias atendidas. É a realização de um sonho para cada uma delas”, ressalta o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

No Residencial Guará, em Guaramirim (SC), são 252 moradias distribuídas em 17 blocos com dois pavimentos. Mais de mil pessoas serão beneficiadas. As unidades, com 44,25m², possuem dois quartos, cozinha, área de serviço, sala e banheiro. O condomínio possui ainda salão de festas, playground e guaritas. Todos os apartamentos são adaptáveis para pessoas com deficiência. Foram investidos R$ 17 milhões pelo Governo Federal.

Em Carambeí (PR), três empreendimentos serão entregues à população. O residencial Cidade Nova possui 59 moradias – três unidades térreas isoladas e 56 outras sob forma de casas sobrepostas com 43,50m². O residencial Eldorado conta com 46 imóveis e o Jardim Novo Horizonte, com 49 habitações. Nos três conjuntos, todas as moradias têm a mesma área e possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O aporte de recursos do MDR soma R$ 10,7 milhões e beneficiará mais de 600 pessoas.

Já em Leópolis (PR), o residencial Portal do Paranapanema é composto por 50 casas em lotes individuais que variam entre 200m² e 269,60m² - com área construída de 41,89 m², divididas em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Todas as unidades podem ser adaptadas a pessoas com deficiência e possuem sistema de aquecimento solar. O investimento federal na obra foi de R$ 3,3 milhões.

Nos três municípios paranaenses, os empreendimentos possuem infraestrutura interna e externa como rede de água, esgoto, iluminação, pavimentação, urbanização e paisagismo.

Mais investimentos em habitação

Só neste ano, o Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou a transferência de mais de R$ 1 bilhão do Orçamento Geral da União para garantir a execução do programa de habitação popular do Governo Federal. A maior parte dos recursos, R$ 740 milhões, foi destinada à continuidade das obras de aproximadamente 289 mil moradias para atender famílias da Faixa 1, com renda mensal inferior a R$ 1,8 mil.

Também foram entregues 134 mil residências para beneficiários do programa até o fim de maio. Desse total, 18 mil foram destinadas a famílias que mais precisam. Além disso, mais de 136 mil unidades habitacionais foram contratadas para as Faixas 1,5; 2; e 3. Elas são financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Ascom/Ministério do Desenvolvimento Regional

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios