Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Termina neste final de semana, à meia-noite de sábado (16) para domingo, o Horário Brasileiro de Verão, em vigor desde o dia 4 de novembro. Consumidores de dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, deverão atrasar o relógio em uma hora. Mas, afinal, qual o motivo desta mudança de horário por quatros meses?

O principal objetivo do horário de verão é a redução da demanda por energia elétrica no final da tarde durante os dias em que anoitece mais tarde. O benefício se dá para o sistema de geração de energia brasileiro e atinge todo o sistema elétrico, beneficiando o consumidor final.

A matemática é simples: com o dia mais longo, é possível aproveitar a luz do dia por um período maior de tempo. Uma das vantagens está em retardar acionamento da iluminação pública.

Desta forma alivia-se um pouco a carga das usinas em pelo menos quatro meses do ano, evitando assim o acionamento de térmicas e, consequentemente, o aumento no valor da conta de luz.

AR-CONDICIONADO

 Existe mais um ponto importante para que haja alívio de carga no verão: o ar-condicionado. O aparelho é muito mais usado neste período, em todos os horários do dia, exigindo ainda mais carga do sistema de energia do País. No Paraná, o Simepar registrou recordes de temperatura em várias regiões nestes quatro meses.

“O ar-condicionado passou a fazer parte da rotina de muitas famílias paranaenses, mas podem ter um grande impacto sobre a conta de luz, por conta de sua potência”, diz o gerente de Inovação da Copel, Gustavo Klinguelfus. Um aparelho de ar-condicionado ligado por oito horas consome entre 8 e 16 kWh em um dia, dependendo da potência. Se usado o mês inteiro, o acréscimo na conta de luz pode ficar entre R$ 180 e R$ 360.

Para obter a maior eficiência no uso do equipamento, é importante fazer a limpeza regular dos filtros, manter as portas e janelas do ambiente sempre fechadas e buscar uma temperatura ambiente entre 23 e 26ºC.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.