Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os recursos foram liberados pelo Ministério da Saúde e deve beneficiar 39 instituições de saúde no país, que poderão investir em obras e ampliar número de consultas, cirurgias e exames 

Hospitais Universitários de 14 estados e do Distrito Federal passam a contar com mais R$ 57,6 milhões para ampliar os atendimentos de saúde e reestruturar os seus serviços. Para a população, os novos recursos representam mais acesso a consultas, cirurgias, exames, medicamentos e melhores estruturas físicas nas unidades de saúde, devido ao investimento, também, em obras e compra de material hospitalar. O valor liberado pelo Ministério da Saúde é referente à terceira e última parcela de 2019, totalizando R$ 467,6 milhões, para 48 hospitais universitários de todo o país.

Os R$ 57,6 milhões foram liberados por meio da publicação das portarias nº 3.011 e nº 3.026 no  Diário Oficial da União (DOU), nos dias 19 e 20 de novembro, respectivamente.

Os recursos federais destinados aos Hospitais das Universidades podem ser usados em obras e para auxiliar no funcionamento dos serviços de ensino (consultas, cirurgias e internações); comprar materiais médico-hospitalares, como anestésicos, seringas e medicamentos; ou ainda em atividades vinculadas ao ensino, como pesquisa e extensão.

Do total da última parcela (R$ 57,6 milhões), os estados do Amazonas, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Sergipe receberão R$ 27 milhões, para investimentos em obras, reestruturação e revitalização dos Hospitais das Universidades Federais. Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Tocantins terão o repasse de R$ 30,6 milhões, para custear o funcionamento dos serviços, como consultas, cirurgias e internações; comprar materiais médico-hospitalares, como anestésicos, seringas e medicamentos; ou ainda em atividades vinculadas ao ensino, como pesquisa e extensão.

Esses recursos fazem parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF). A iniciativa visa qualificar e ampliar cada vez mais a capacidade de atendimento dos hospitais universitários federais, levando em consideração as necessidades levantadas pelos gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), em articulação com o Ministério da Educação, que define os projetos a serem executados.                                                  

Hospitais De Ensino

Instituído em 2010, o REHUF é uma iniciativa dos Ministérios da Saúde e Educação para auxiliar os hospitais universitários federais no planejamento de suas funções em relação ao ensino, pesquisa, extensão e assistência à saúde. Com isso, as universidades responsáveis por esses hospitais ganham maior capacidade orçamentária para estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade, conforme a necessidade e o planejamento da instituição.

Os recursos são pagos pelo Ministério da Saúde às instituições que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas ao porte e perfil de atendimento, como ampliação de consultas e exames, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Os pagamentos são efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde, conforme comprovação dos gastos.

Silvia Pacheco/Agência Saúde

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.