Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A partir da próxima quarta-feira (14), Londrina será palco da Expo Japão 2017, maior evento de promoção e divulgação da cultura japonesa do Paraná. A festa acontecerá na sede da Associação Cultural e Esportiva de Londrina (ACEL), na Rua Major Achilles Pimpão Ferreira, 2.300, durante os dias 14 a 18 de junho.

A abertura oficial do evento está marcada para quinta-feira (15), às 19 horas. O objetivo é preservar e divulgar a cultura japonesa, além de manter os valores e tradições dessa etnia. Para isso, os organizadores vão trazer apresentações culturais de dança, canto e música, exposição e workshops com o artista plástico nissei Carlos Kubo, gastronomia típica, esportes, atividades para idosos, ginástica e oficinas sobre esportes, cultura e valores da comunidade japonesa para os alunos das escolas municipais.

Além disso, acontece também a 56ª exposição agrícola e 6ª edição do Simpósio de Tecnologias Inovadoras para a Agricultura (Simpósio AgroInovaTec). O tema do simpósio deste ano é “Sustentabilidade Agrícola no Paraná”. Nele estão previstas palestras sobre Sustentabilidade, Controle Biológico no Manejo de Pragas e Doenças, Agricultura Orgânica e Piscicultura Sustentável. Já a Expo Agrícola, evento que existe desde 1954, é o mais antigo e tradicional realizado pela ACEL e pretende apresentar os produtos agrícolas da comunidade nipo-brasileira.

A Expo Japão 2017 trará também a demonstração da cerimônia do chá, batuque dos taikôs (tambores japoneses), Yosakoi Soran (dança contemporânea), Ikebana (arranjos florais), Bonsais (árvores em miniatura), demonstração de artes marciais, Matsuri Dance, desfile de Cosplay, Espaço Mundo Nerd e a 38ª edição do Festival Paranaense de Bon-Odori (dança tradicional). O festival reunirá no sábado (17), a partir das 18h30, mais de 20 grupos de dançarinos paranaenses, o que totaliza cerca de 500 artistas.

A expectativa é que 30 mil pessoas participem dos cinco dias de festa, que contarão com mais de 50 estandes comerciais, praça de alimentação com 10 restaurantes e capacidade para mais de 2 mil pessoas, mais de 40 grupos artísticos e culturais foram convidados para as apresentações.

Nesta edição do evento, também se comemorarão os 40 anos do acordo de irmandade entre a cidade de Londrina e a cidade de Nishinomiya, localizada na província de Hyogo (Japão). Para o coordenador-geral da Expo Japão 2017 e vice-presidente da ACEL, Luciano Matsumoto, a exposição é uma maneira de valorização da cultura japonesa, além de estimular o trabalho voluntário e em equipe de todos os envolvidos.

“Muito mais do que o sucesso do evento em si, a Expo Japão também propicia o trabalho voluntário em equipe, o respeito e reverência aos mais experientes e às tradições, ou seja, os valores intrínsecos à cultura japonesa. É um momento que envolve toda a família, desde crianças até idosos, que interagem entre si e contribuem para o sucesso da grandiosa festa”, disse.

Para participar, a entrada custa R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia entrada). As crianças de até 4 anos e os idosos acima de 65 anos têm entrada gratuita. A Expo Japão faz parte do calendário de Eventos Oficiais do Estado do Paraná e do calendário de Comemorações Oficiais da cidade de Londrina. A Prefeitura de Londrina oferece apoio à inicitiva.

Cultura em números - A comunidade japonesa no Brasil é a maior do mundo fora do Japão. Ela soma mais de 1,6 milhão de japoneses e descendentes, sendo que destes o Paraná é o segundo estado do Brasil com maior número de descendentes atrás somente de São Paulo. A região norte do Estado, incluindo-se Londrina, conta com mais de 40 mil descendentes.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios