Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Geral 19/10/2017  09h09

Maternidade Municipal homenageia mães doadoras de leite materno

Trinta mulheres que doam leite humano à Maternidade Municipal receberão agradecimento da Secretaria Municipal de Saúde

Nesta quinta-feira (19), às 17 horas, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde vão homenagear as mães doadores de leite materno. O “1º Encontro das Mulheres doadoras de Leite Materno da Maternidade Municipal” contará com a presença do secretário de saúde, Felippe Machado. A solenidade será realizada na sede da Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, localizada na Rua Jacob Bartolomeu Minatti, 350, na Vila Casoni.

Durante à tarde, as mulheres poderão assistir a um vídeo de agradecimento pelo ato de doação e contar suas experiências. De acordo com a coordenadora de enfermagem da Maternidade Municipal, Zandira Batista, a intenção do evento é unir o agradecimento às doadoras e chamar a atenção para a importância do ato de amamentar para a saúde da mulher e da criança.

“O aleitamento materno tem uma relação significativa com a prevenção da saúde da mulher, porque ajuda a prevenir o câncer de mama. Além disso, o leite humano possui todos os nutrientes necessários para a saúde da criança, oferecendo as proteínas, as calorias e as gorduras adequadas para o bebê, que receberá também toda a imunidade e anticorpos que a mãe já adquiriu com o tempo”, explicou.

Banco de Leite - Atualmente, 30 mulheres são doadoras de leite da Maternidade Municipal, que é um dos postos de recolhimento do produto. Todo o material arrecadado é destinado ao Banco de Leite Humano de Londrina (BLH) Maria Lucilia Monti Magalhães do Hospital Universitário, localizado na Avenida Robert Koch, 60, na Vila Operária.

O BLH é o Centro de Referência da cidade. Nele o leite passa pelo processo de esterilização, pelo controle de qualidade e por exames microbiológicos. Depois de aprovado em todas as etapas, está estéril e apto para a doação pelo período de 6 meses.

O leite tratado e acondicionado corretamente é distribuído às Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTI neonatal) do Hospital Universitário, do Hospital Infantil, do Evangélico, do Coraçãozinho, da Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, além dos Hospitais de Rolândia e de Cornélio.

Como ser doadora - As mulheres que desejam se tornar doadoras de leite podem telefonar para a Maternidade Municipal no (43) 3372-9850 ou 3372-9857. Também é possível entrar em contato com o Banco Leite Humano no (43) 3371-2390.

Todas as doadoras recebem instruções e acompanhamento dos profissionais de saúde, que realizam uma visita domiciliar semanalmente. As doadoras devem congelar o leite doado, pois dessa forma ele tem durabilidade de 15 dias.

Atendimento por telefone - Além do atendimento personalizado realizado pelos profissionais de saúde na Maternidade Municipal, desde agosto deste ano, a Secretaria Municipal de Saúde está realizando atendimento via telefone às mulheres com dificuldades para amamentar. Até o momento, 56 mães foram atendidas por telefone para esclarecimentos de dúvidas que surgem após deixarem a Maternidade Municipal.

De acordo com a Zandira Batista, o objetivo é ajudar as mães a não desistirem da amamentação das crianças. Assim, qualquer dificuldade apresentada pela mulher pode ser sanada pelos profissionais via telefone. As interessadas em utilizarem esse serviço devem ligar para (43) 3372-9853. O serviço é prestado 24 horas por enfermeiros do Apoio ao Aleitamento.

Podem procurá-los todas as mães com dificuldades ou dúvidas na amamentação, independente se o nascimento da criança foi realizado na maternidade municipal ou não. O atendimento é gratuito.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios