Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Geral 03/11/2017  09h00

Mês da Consciência Negra conta com ações em diferentes locais de Londrina

Programação vai de 10 a 30 de novembro e inclui diversas palestras, visita a quilombos e exposições nas bibliotecas setoriais de todas as regiões da cidade

A Gestão Pública Municipal de Promoção da Igualdade Racial (GPMPIR) e o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (CMPIR) promovem, durante todo o mês de novembro, diversas atividades referentes ao Mês da Igualdade Racial. A programação desenvolvida com participação dos órgãos municipais tem início no dia 10 de novembro, com um Jantar e Desfile Afro, às 20 horas, no Buffet Manga Rosa, em Cambé.

Dos dias 11 a 30 de novembro, serão realizadas cerca de sete palestras, com diferentes temas, abordando questões como o Preconceito no Ensino Regular, Educação das Relações Étnico-raciais, Igualdade Racial e Direitos Humanos, entre outras. As palestras acontecerão em parceria com outros órgãos e instituições, entre eles a Secretaria Municipal de Educação (SME), Fórum das Entidades Negras de Londrina (FENEL) e a Universidade estadual de Londrina (UEL).

No dia 18 de novembro, representantes da SME, da FENEL e da GMPIR, entre professores e integrantes do movimento negro de Londrina, visitarão os quilombos Água Morna e Guajuvira, na cidade de Curiúva, no norte pioneiro do Estado. O intuito é conhecer a realidade dos moradores das terras quilombolas. Os visitantes participarão de palestras, assistirão a filmes e poderão desfrutar de uma feira de produtos locais e almoço.

As bibliotecas setoriais receberão durante todo o mês exposições de trabalhos escolares e, durante o período das exposições haverá contação de histórias afro- brasileiras. Na Biblioteca Pública Municipal, de 13 de novembro a 8 de dezembro, acontecerá a “Mostra Palmares”, uma exposição coletiva de arte, com foco na promoção da igualdade racial, por meio de expressões culturais e artísticas variadas. A mostra é de realização do Instituto do Movimento de Estudo da Cultura Afro-Brasileira (Imecab), e fica aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19 horas.

A gestora pública municipal de Promoção da Igualdade Racial, Sandra Rocha, falou sobre a relevância das ações que serão desenvolvidas pelo Município no Mês da Consciência Negra. “É importante para dar visibilidade à comunidade negra e debater a questão do preconceito na sociedade, assim como rever conceitos”, contou.  Segundo ela, é uma oportunidade para que a população negra se reafirme na sociedade, e, para a população branca, promover uma reflexão acerca dos preconceitos criados historicamente.

Sandra ressaltou ainda as exposições e os trabalhos desenvolvidos nas escolas. “É um momento de a comunidade escolar rever a história, através do conhecimento. Nós temos um problema histórico, porque nós não estudamos a cultura africana e afro-brasileira, disse. Para ela, isto só foi viável a partir da Lei 10.639 de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira". Esta legislação também será um dos temas abordados nas palestras promovidas pela GPMPIR.

A maioria das ações será aberta ao público, incluindo palestras e exposições. Os interessados em participar só precisam comparecer aos locais nas datas e horários, de acordo com a programação, não é necessário inscrição. Para mais informações, o telefone para contato é o da GPMPIR, pelo 3329-8639.

Programação:

10 de novembro – sexta-feira, 20 horas:
JANTAR E DESFILE AFRO 
Jantar com comidas típicas africanas e afro-brasileiras e desfile, apresentando a beleza negra e contando a história do negro no Brasil.
Buffet Manga Rosa - Rua da Esperança, 4.394, Jardim do Café – Cambé.
Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 35,00. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3329-8639.

11 de novembro – sábado, 8 horas:
PALESTRA: PRECONCEITO E EXCLUSÃO NO ENSINO REGULAR
Ministrante: professora Sílvia Márcia Ferreira Meletti – Departamento de Educação UEL
Auditório do CMEI Valéria Veronese - Rua Benjamin Constant, 800, Centro.

14 de novembro – terça-feira, 19 horas:
PALESTRA: EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS 
Ministrantes: promotor Paulo César Vieira Tavares e a professora doutora Maria Nilza da Silva
CINE COMTOUR - Rua Olímpia, 16 - Jardim Alvorada.

16 de novembro – quinta-feira, 14 horas:
PALESTRA: IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS
Centro Cultural de Alvorada do Sul

18 de novembro – sábado, 10 horas:
PALESTRA: IGUALDADE RACIAL - BULLYNG E RACISMO
Colégio Estadual Ubedulha Corrêa de Oliveira - Rua Júlio Farináceo, 110, Conjunto Luiz de Sá.

20 a 24 de novembro – período matutino, vespertino e noturno.
PALESTRAS: O NEGRO E A EDUCAÇÃO – LEI 10.639/03
Abordando temas pertinentes à legislação que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira".
Colégio Estadual Professora Adélia Dionísia Barbosa – Rua Jubilino Barbosa Cabral, 670, Conjunto Parigot de Souza.

22 de novembro – quarta-feira, 14h
PALESTRA – LEI 10.639/03
Palestra voltada aos professores, referente à aplicação da lei.
APAE Londrina - Av. Robert Koch, 11.

25 de novembro - sábado, 8 horas:
PALESTRA: O RACISMO EM AMBIENTE ESCOLAR: EVASÃO ESCOLAR E HOMICÍDIOS DA POPULAÇÃO NEGRA DE LONDRINA.
Ministrante: professor Cláudio Francisco Galdino - SEED/PR – LEAFRO/UEL
Auditório do CMEI Valéria Veronese - Super Creche - Rua Benjamin Constant, 800, Centro.

30 de novembro – quinta-feira, 14 horas:
PALESTRA IGUALDADE RACIAL E CIDADANIA
Bate-papo com os idosos, promovendo uma reflexão sobre o racismo na sociedade brasileira e o direito de todos à cidadania. Apresentação de trabalhos produzidos pelas escolas, como forma de mudança do pensamento social referente ao racismo.
Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) – Oeste - Rua Serra Pedra Selada, 111 - Jardim Bandeirantes.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios