Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Segundo o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, o Papa recebeu com alegria a criação da comissão para implementar o Documento sobre a Fraternidade Humana

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, divulgou uma declaração, ontem, 26, “a propósito da recente criação do Comitê Superior para se alcançar os objetivos contidos no Documento sobre a Fraternidade Humana em prol da paz mundial e da convivência comum”.

O documento foi assinado, em fevereiro passado, pelo Grão Imame de Al-Azhar e o Papa Francisco durante sua viagem apostólica aos Emirados Árabes Unidos. Segundo a nota do diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, o Pontífice recebeu, com alegria, a notícia da iniciativa e observou:

“Embora, muitas vezes, infelizmente, seja o mal, o ódio e a divisão a fazer notícia, há um oceano oculto de bem que cresce e nos faz esperar no diálogo, no conhecimento mútuo, na possibilidade de construir juntos com os fiéis de outras religiões e com todos os homens e mulheres de boa vontade um mundo de fraternidade e paz”.

 “O Santo Padre encoraja o trabalho do Comitê para a divulgação do Documento, agradece aos Emirados Árabes Unidos o empenho concreto a favor da fraternidade humana e almeja que se possam multiplicar no mundo iniciativas similares”, conclui Matteo Bruni.

(Canção Nova/Vatican News)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios