Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Warning: Undefined variable $ad_format in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_pub_2021.php on line 15

O Governo do Estado encerrou neste sábado (19) a primeira edição da Semana Paraná Inovador com uma nova lei, que cria o Dia da Eletromobilidade. O objetivo é incentivar essa tecnologia e ampliar as ações de sustentabilidade no Estado. O texto que estabelece a celebração anual no Paraná todo dia 19 de outubro, foi sancionado simbolicamente pelo vice-governador Darci Piana em ato no Palácio Iguaçu.

A partir de agora, a data, quando também se comemora o Dia Nacional da Inovação, passa a fazer parte do calendário oficial de eventos do Estado. “A tecnologia tem avançado de uma maneira muito rápida, e o Estado precisa acompanhar essa evolução. Aqui estamos fazendo a nossa parte para transformar o Paraná no Estado mais moderno e inovador do País”, afirmou Piana.

O vice-governador citou iniciativas já adotadas pelo Executivo Estadual para incentivar a eletromobilidade. Entre elas, destacou o recente decreto que zerou o Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) na compra de veículos elétricos, até 31 de dezembro de 2022. Antes, a alíquota cobrada era de 3,5%. Um carro elétrico, por exemplo, demanda 40% a menos de manutenção e consegue rodar 300 quilômetros com aproximadamente R$ 40.

O Paraná tem a maior eletrovia do Brasil, instalada pela Copel. São 730 quilômetros, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, e 12 eletropostos de abastecimento espalhados pela BR-277. 

O vice-governador lembrou que a Copel simula a adesão de novos consumidores e garante que consegue atender um incremento repentino de até 700% nesse mercado. A companhia concentra recursos para se tornar protagonista dessa onda com a sua capacidade elétrica instalada.  “Tudo isso se reflete em um mundo mais limpo, melhorando o meio ambiente, transformando o Paraná em um lugar melhor para para todos”, disse Piana.

ICMS – Autor, junto com o deputado Gilberto Ribeiro, da lei que estabelece o Dia da Eletromobilidade, o líder do Governo na Assembleia Legislativa Hussein Bakri destacou que o Paraná busca agora uma forma de ampliar o incentivo aos carros elétricos.

De acordo com ele, o Estado está em negociação para reduzir também a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na compra de veículos que tenham essas características.

 “O Governo do Estado está em negociação com o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para ver essa possibilidade de redução do ICMS. Tudo o que nós pudermos fazer para incentivar essa energia limpa, nós vamos fazer”, ressaltou o deputado.

PARANÁ INOVADOR – A formalização do Dia da Eletromobilidade marcou também o encerramento da primeira edição da Semana Paraná Inovador, que ocupou o segundo andar do Palácio Iguaçu com palestras, workshops, talkshows, exposições, painéis de debate e apresentações de startups paranaenses.

No evento, que começou quarta-feira, foram discutidos temas como soluções tecnológicas, inovação social, construção de redes de colaboração e incentivo ao empreendedorismo feminino.

“O balanço é muito positivo, essa semana materializa tudo o que esse governo vem buscando fazer”, afirmou Henrique Domakoski, superintendente de inovação do Governo do Estado.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o presidente da Celepar, Leandro Moura; a esposa do vice-governador, Maria José Piana; Rafael Rodrigues, diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Tecpar; Felipe Braga Côrtes, diretor do Departamento de Apoio À Pessoa com Deficiência e de Políticas Públicas para Acessibilidade da Secretaria Estadual de Justiça, Família e Trabalho; e o vereador de Curitiba, Professor Euler.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.