Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em virtude da necessidade de isolamento social, o IBGE se adequou para que todos os funcionários possam realizar seus trabalhos remotamente, por isso, todas as pesquisas do instituto estão sendo realizadas por telefone.

O IBGE está solicitando a compreensão por parte da população para atender às ligações dos seus pesquisadores, para que o instituto possa dar continuidade à realização de várias pesquisas importantes para o país.

O órgão ainda salienta que, caso o cidadão tenha alguma dúvida sobre a identidade do entrevistador, poderá requerer sua confirmação através do telefone 0800 721 8181. O horário de funcionamento do 0800 é de segunda a sexta-feira das 8h às 18h. E aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h.

O período de coleta das pesquisas mensais segue sem alterações, sendo realizado, em geral, do dia 1 a 31 do mês de referência.

As pesquisas econômicas anuais de indústria, comércio e serviços feitas em empresas, permanecem utilizando os questionários eletrônicos autopreenchidos como a principal forma de coleta de dados junto aos informantes.

Para uma parcela pequena, que solicitava responder presencialmente, serão intensificados os pedidos de resposta por telefone.

Para isso, os funcionários do IBGE, nas 27 Unidades da Federação, estão executando as atividades operacionais descentralizadas pelo telefone e por email.

Andamento da coleta da PNAD Contínua

A coleta dessa pesquisa é tradicionalmente realizada exclusivamente de forma presencial nos domicílios selecionados. Contudo, em função da situação excepcional atual, visando manter a produção de estatísticas relacionadas ao mercado de trabalho, o IBGE mantém a coleta de informações da pesquisa através de telefone.

Cerca de 2 mil entrevistadores estão trabalhando em suas residências, telefonando para os domicílios selecionados que fazem parte da amostra da pesquisa. Aproximadamente 70 mil domicílios (mês) fazem parte da amostra pesquisa.

Andamento Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC) O IBGE decidiu suspender a coleta presencial de preços referente ao Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC).

Os preços que até então eram coletados presencialmente passaram a ser coletados manualmente pela internet ou pelo telefone. São os casos, por exemplo, de diversos produtos e serviços pertencentes aos grupos de Alimentação e bebidas, Artigos de residência, Vestuário e Saúde e cuidados pessoais. As amostras de locais para outros bens, como livros, perfumes e eletroeletrônicos já contemplavam simultaneamente a coleta em lojas físicas e online e, neste caso, passarão a ser feitas integralmente pela internet.

Adicionalmente, mantém-se a coleta online de preços por robô, implementada a partir de janeiro deste ano, para os subitens “Transporte por aplicativo” e “Passagem aérea”.

A coleta é atualmente realizada em mais de 33.000 locais de compra nas 16 áreas de abrangência do índice, com cerca de 590.000 preços coletados por mês. Os entrevistadores seguem trabalhando remotamente e inserindo os preços coletados online nos equipamentos de coleta.

Edison Vitoretti Junior/Asimp/IBGE Paraná

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios