Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Interessados precisam ter nível superior completo; remuneração inicial de R$ 7.092,91 atrai grande número de candidatos

Após a suspensão de novos concursos em 2017, definida pelo Ministério do Planejamento e depois de muita expectativa dos concurseiros, o Concurso PRF foi, enfim, confirmado. A equipe responsável por elaborar os detalhes do novo edital já terminou o projeto, e sua abertura está prevista para sair ainda no primeiro semestre.

Sobre a Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Criada em 1928, a PRF é um órgão subordinado ao Ministério da Justiça, cuja função primordial é trabalhar para garantir a segurança nas rodovias federais. Atualmente, suas atividades vão um pouco além da sua competência original e seus integrantes exercem algumas ordens de serviço dentro de cidades e matas brasileiras.

O órgão tem pressa para recompor suas atividades e aumentar o efetivo de policiais federais para evitar uma paralisação de atividades pelo país e/ou um colapso no serviço devido à falta de pessoal. Para tanto, um novo concurso é a única saída para solucionar a crise que está causando o fechamento de postos da PRF em vários estados e, consequentemente, prejudicando o exercício das atividades dos policiais federais.

A defasagem já atinge mais de 3 mil profissionais e, para os próximos anos, quase 35% dos agentes da PRF poderão solicitar aposentadoria. Isso representa um grande número de servidores que poderão deixar seus cargos a partir dos próximos meses, o que agrava a situação de urgência.

O último concurso da PRF para o cargo de policial federal foi realizado em 2013. 

Sobre o concurso

O concurso vai abrir vaga para 1.500 novos policiais rodoviários federais em todos nos seguintes estados: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO, podendo participar quem tem ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação (categoria B ou superior). A remuneração prevista é de R$ 7.092,91 no início da carreira, valor que inclui R$ 373,00 referentes ao auxílio-alimentação.

Para as atribuições do cargo, o policial federal deve atuar na fiscalização, no patrulhamento e no policiamento ostensivo das rodovias federais, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e outras atribuições que estejam relacionadas com a área operacional do departamento da PRF.

Caso se confirme a banca examinadora do último certame (Cespe/UnB), a seleção deverá ser composta por: provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos; provas discursivas; exame de capacidade física (que engloba flexão em barra física, impulsão horizontal, flexão abdominal e corrida de 12 minutos); avaliação de saúde, psicológica e de títulos, além de investigação social e/ou funcional.

No último concurso da PRF, as provas foram compostas por questões de língua portuguesa, matemática, noção de informática, legislação relativa à PRF, direitos humanos, cidadania, ética no serviço público, física aplicada à perícia de acidentes rodoviários, noção de direito constitucional, administrativo, penal e processual penal.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.