Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Interessados precisam ter nível superior completo; remuneração inicial de R$ 7.092,91 atrai grande número de candidatos

Após a suspensão de novos concursos em 2017, definida pelo Ministério do Planejamento e depois de muita expectativa dos concurseiros, o Concurso PRF foi, enfim, confirmado. A equipe responsável por elaborar os detalhes do novo edital já terminou o projeto, e sua abertura está prevista para sair ainda no primeiro semestre.

Sobre a Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Criada em 1928, a PRF é um órgão subordinado ao Ministério da Justiça, cuja função primordial é trabalhar para garantir a segurança nas rodovias federais. Atualmente, suas atividades vão um pouco além da sua competência original e seus integrantes exercem algumas ordens de serviço dentro de cidades e matas brasileiras.

O órgão tem pressa para recompor suas atividades e aumentar o efetivo de policiais federais para evitar uma paralisação de atividades pelo país e/ou um colapso no serviço devido à falta de pessoal. Para tanto, um novo concurso é a única saída para solucionar a crise que está causando o fechamento de postos da PRF em vários estados e, consequentemente, prejudicando o exercício das atividades dos policiais federais.

A defasagem já atinge mais de 3 mil profissionais e, para os próximos anos, quase 35% dos agentes da PRF poderão solicitar aposentadoria. Isso representa um grande número de servidores que poderão deixar seus cargos a partir dos próximos meses, o que agrava a situação de urgência.

O último concurso da PRF para o cargo de policial federal foi realizado em 2013. 

Sobre o concurso

O concurso vai abrir vaga para 1.500 novos policiais rodoviários federais em todos nos seguintes estados: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO, podendo participar quem tem ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação (categoria B ou superior). A remuneração prevista é de R$ 7.092,91 no início da carreira, valor que inclui R$ 373,00 referentes ao auxílio-alimentação.

Para as atribuições do cargo, o policial federal deve atuar na fiscalização, no patrulhamento e no policiamento ostensivo das rodovias federais, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e outras atribuições que estejam relacionadas com a área operacional do departamento da PRF.

Caso se confirme a banca examinadora do último certame (Cespe/UnB), a seleção deverá ser composta por: provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos; provas discursivas; exame de capacidade física (que engloba flexão em barra física, impulsão horizontal, flexão abdominal e corrida de 12 minutos); avaliação de saúde, psicológica e de títulos, além de investigação social e/ou funcional.

No último concurso da PRF, as provas foram compostas por questões de língua portuguesa, matemática, noção de informática, legislação relativa à PRF, direitos humanos, cidadania, ética no serviço público, física aplicada à perícia de acidentes rodoviários, noção de direito constitucional, administrativo, penal e processual penal.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios