Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os bons resultados alcançados pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social em na garantia de direitos da pessoa idosa foram apresentados em evento nacional, no Pará. O I Encontro Intersetorial dos Direitos da Pessoa Idosa, na terça-feira (22), em Belém, reuniu técnicos e gestores do Maranhão, Goiás, Pernambuco e Tocantins.

A coordenadora da política estadual dos direitos da pessoa idosa, Fabiana Longhi, explica que o Paraná adotou estratégias na rede de garantia de direitos para o aumento do número de conselhos, fundos e planos municipais específicos para essa parcela da população.

Hoje, há conselhos em 93% (372) dos municípios do Paraná, fundos em 268 e planos em 208 municípíos. “Os resultados apresentados demonstram a seriedade do Estado em relação aos direitos da pessoa idosa”, esclareceu Fabiana.

CAMPANHA – Além das metodologias de trabalho, também foram apresentados aos participantes a campanha de Valorização da Pessoa Idosa, lançada em 2017, a cartilha “Conhecendo os Direitos da Pessoa Idosa” e o Manual de Prevenção de Acidentes: atenção à pessoa idosa.

Foram disponibilizados ainda os links das webconferências, que oferece orientações, passo a passo, aos municípios para a construção de conselho, fundos e planos dos direitos da pessoa idosa.

“O evento reconheceu o trabalho empregado na construção dessa política. Também representou uma troca de experiências para aprimorarmos a atenção aos direitos e às necessidades das pessoas idosas brasileiras”, disse a coordenadora paranaense.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios