Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Competição nacional de carros construídos por estudantes de engenharia tem 70 equipes inscritas no total e acontece em Piracicaba (SP), de 28 de novembro a 1º de dezembro

Estudantes de engenharia de universidades do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul projetaram 17 carros de alto desempenho que representarão a região Sul na 16ª Competição Fórmula SAE BRASIL. A disputa será realizada de 28 de novembro a 1º de dezembro, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), em Piracicaba, SP.

Do total de 70 veículos inscritos na competição nacional, 48 são movidos a combustão e 22 elétricos, todos projetados e construídos por universitários dentro das instituições de ensino sob orientação de professores. Os estudantes representam instituições de ensino superior de todo o país.  A região Sul inscreveu 17 equipes este ano, oito de Santa Catarina, seis do Paraná, e três do Rio Grande do Sul (veja as equipes e as instituições de ensino inscritas no final da matéria)

As equipes que obtiverem as melhores pontuações na etapa brasileira poderão representar o Brasil na competição mundial em 2020, promovida pela SAE International nos Estados Unidos.

Santa Catarina

A Ampera Racing, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) campus Florianópolis, alcançou dois pódios (2014 e 2016) nos cinco anos em que participou na categoria Elétrica da Fórmula SAE BRASIL. A equipe começou a trabalhar no projeto 2019 em janeiro e está no estágio final de fabricação do carro elétrico, que entrará em fase de testes em outubro, em Florianópolis. A equipe empregou aço 1020 no chassi, fibra de vidro na carenagem e fibra de carbono em peças pontuais no cockpit, materiais que facilitam a fabricação para ganhar mais tempo de testes. “O projeto foi todo focado em confiabilidade e robustez e a grande inovação é o motor”, diz o capitão Artur Sabino de Andrade, 24 anos, aluno de Engenharia Mecânica. A UFSC particip a da competição com outras duas equipes - Fórmula UFSC e Fórmula CEM, ambas na categoria combustão.

Rio Grande do Sul

A equipe Formula UFSM, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) participa da competição nacional desde 2010 na categoria Combustão, na qual foi a 4ª colocada ano passado. Disputou dois campeonatos mundiais em Lincoln, promovidos pela SAE International nos Estados Unidos. Para a fase nacional este ano desenvolve projeto novo, em fase de construção e com previsão de teste entre setembro e novembro. “O conceito que guiou o projeto foi a redução de massa, mais potência e menor custo”, aponta Glauber Seibert Silveira, capitão da equipe. O novo carro conta com motor Honda, e kit aerodinâmico em fibra de vidro. Novos gabaritos foram adotados para fabricação do chassi tubular para garantir simetria e dimensões, e novo projeto para os

semi-eixos da transmissão foi desenvolvido a fim de obter mais eficiência do sistema. “O motor aumentou a potência em 22,7kW (30hp), em relação ao projeto anterior”, aponta Glauber.

Paraná

Estreante em 2018 na Fórmula SAE BRASIL a equipe Fórmula UTFPR, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), volta com um veículo a combustão totalmente novo em relação ao anterior, desde o chassi com perfis de tubos menores e redução da massa em 15%, até o powertrain, este ano com um motor de 300 cilindradas e turbo compressor, 100% mais potente. O projeto também passou por mudanças na geometria de suspensão e no sistema eletrônico, que passará a coletar maior quantidade de dados. “Os pontos fortes do carro são a baixa relação peso/potência e o powertrain muito mais potente”, afirma o capitão Ricardo Janssen Harger da Silva, 20 anos, aluno do sexto período do curso de Engenharia Mecânica. “O projeto Fórm ula significa muito para a equipe, além de ser uma oportunidade de grande aprendizado, muitos bons momentos são fruto desse projeto”, conclui.

Carros

Os carros Fórmula SAE a combustão têm motores de quatro tempos e capacidade volumétrica máxima de 710 cm³. Já os elétricos são tracionados por motores elétricos, alimentados a partir de baterias de até 600 volts, com autonomia de pelo menos 22 km. Na competição, a recarga das baterias é realizada em carga lenta, em área com alto nível de segurança.

“Os programas estudantis da SAE BRASIL motivam os jovens à carreira de engenharia e lançam desafios encontrados na prática profissional que levam muito além do conhecimento acadêmico adquirido na sala de aula”, analisa o engenheiro Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL.

Equipes Da Região Sul

(17 equipes - 9 na categoria Combustão e 8 na Elétrica)

Equipes Rio Grande do Sul

Equipe Formula UFSM - Universidade Federal de Santa Maria/ Combustão

Equipe RS Racing UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul/ Combustão

Equipe E-Power UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul/ Elétrica

Equipes Paraná

Equipe UTForce e-Racing – Universidade Tecnológica Federal do Paraná-Ponta Grossa/ Elétrica

Equipe UTFast F-SAE Racing – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Ponta Grossa/ Combustão

Equipe Fórmula UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Curitiba/ Combustão

Equipe Fórmula CP – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Cornélio Procópio/ Combustão

Equipe UFPR Fórmula - Universidade Federal do Paraná/Elétrica

Equipe UFPR Fórmula - Universidade Federal do Paraná – Curitiba/ Combustão

Equipes Santa Catarina

Equipe Fórmula UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina/ Combustão

Equipe Fórmula CEM - Universidade Federal de Santa Catarina/ Elétrica

Equipe Fórmula CEM IC - Universidade Federal de Santa Catarina/ Combustão

Equipe Ampera Racing - Universidade Federal de Santa Catarina/ Elétrica

Equipe IFCS Red Tails–Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Santa Catarina/ Elétrica

Equipe Avant E-Racing - Centro Universitário Uniavan/ Elétrica

Equipe E-Force – Universidade do Estado de Santa Catarina/ Elétrica

Equipe Formula UNO–Universidade Comunitária da Região de Chapecó – Unochapecó/ Combustão

Maria do Socorro Diogo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios