Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento on-line reuniu 47 compradores de 24 países. Empresas reportaram expectativa de negócios decorrente do evento em transações futuras

Com o intuito de aproximar compradores e investidores internacionais de micro, pequenas e médias empresas de serviços digitais das áreas de TI, o evento Business Connection Brazil: Digital Services ocorreu neste ano em plataforma virtual. Em cinco dias, o evento registrou a viabilidade de US$ 2,78 milhões para os próximos 12 meses e US$ 337 mil em negócios fechados durante as reuniões. A iniciativa contou com a participação de compradores e investidores estrangeiros, principalmente da América Latina, incluindo startups na área do agronegócio, saúde e educação, além de games e serviços de pesquisa, desenvolvimento e adequação de produto.

Realizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através da ConnectAmericas.com, juntamente com o Sebrae e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a ação aconteceu dentro do escopo do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), com o apoio do Programa de Facilitação do Comércio no Brasil, apoiado pelo Governo do Reino Unido e implementado pela Palladium. O evento on-line reuniu 156 fornecedores brasileiros e 47 compradores de 24 países.

Segundo o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, o projeto propiciou oportunidades para as empresas que ainda não têm mercado definido, ajudando no processo de capacitação e de inserção. “O Sebrae e todos os parceiros ofereceram tudo isso de forma conjunta para eles, independentemente dos negócios feitos. A nossa iniciativa e todo o nosso esforço é voltado para a inclusão”, ressalta.

De acordo com Quick, a participação das micro e pequenas empresas no evento foi expressiva. “Além disso, percebemos que mais de 48,7% das empresas que participaram não tinham experiência exportadora. Apesar das restrições de mobilidade das empresas, nós, como instituições, com o patrocínio do BID para o Brasil, estamos conseguindo gerar resultados e faturamento de forma digital”, acrescenta.

A Gerente de Competitividade e Ensino da Apex-Brasil, Deborah Rossoni, destaca que as rodadas de negócios com o BID e Sebrae estão se consolidando como ótimas oportunidades para a internacionalização de empresas dos setores envolvidos. “Nossa parceria reforça o compromisso da Apex-Brasil de apoiar a internacionalização e as exportações das empresas brasileiras”, afirma Deborah.

O Gerente de Integração e Comércio do BID, Fabrizio Opertti, destaca que a série de eventos Business Connection Brazil tem se transformado em uma referência de cooperação entre múltiplas organizações para inserir os pequenos negócios brasileiros nas cadeias globais de valor mais exigentes do mundo. “Há um grande interesse pelos produtos brasileiros, não apenas por sua qualidade, mas também por sua diversidade. Esperamos continuar ampliando esta ponte”, disse.

As rodadas de negócios do Business Connection Brazil foram realizadas por meio de reuniões de negócios virtuais entre os fornecedores do Brasil e compradores internacionais, principalmente da América Latina, entre os dias 15 e 19 de março com inscrição gratuita. Para saber mais sobre eventos e oportunidades como essa, cadastre-se na ConnectAmericas.com, a plataforma de negócios do BID oferece acesso gratuito a eventos virtuais, capacitações, financiamento e um diretório com mais de 500.000 empresários e empresárias de todo o mundo.

Asimp/Sebrae

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios