Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

No ar há pouco mais de um ano na TV Aparecida, o “Faça Você Mesmo” já conquistou o telespectador aficionado por artesanato. Profissionais e entusiastas estão sempre em busca de novas ideias para vender, decorar a casa ou presentear. E pensando nesse público-alvo, o programa, que está sempre se reinventando, agora tem novos quadros, conforme conta o apresentador Rogério Chiaravalli:  

 “Nosso programa sempre apresenta novas ideias e muita criatividade, então, já faz parte do nosso dia a dia essa necessidade de criar e, principalmente, renovar. Entre as novidades estão os quadros: ‘Artesanato Escolar’, que traz ideias para os professores trabalharem o aprendizado pedagógico através do artesanato; ‘Decore com arte’ traz dicas de como criar peças que vão compor a decoração de um ambiente. ‘É fácil?’ vai apresentar uma técnica nova e o público decide se é fácil ou não. Outra novidade é o ‘Aprendi no programa’, pois queremos sempre contar com a participação do público, que envia vídeos de artesanatos feitos a partir de aulas do programa”. 

O “Faça Você Mesmo” - exibido de segunda a sexta-feira, às 13h30 - tem como principal proposta proporcionar às pessoas criarem, com as próprias mãos, variadas peças de artesanato. A produção, dirigida por Raul Bronetti oferece aos apaixonados pelas artes manuais, interessantes conteúdos para contribuir com a autonomia, a criatividade e facilitar o empreendimento dos artesãos. Outro importante foco é a interação com o público pelas redes sociais. 

Para comandar um programa de artesanato, Rogerinho garante ter intimidade com a prática, e por isso se arrisca no ar colocando as próprias “Mãos à Obra”.

 “Na medida do possível, gosto muito de trabalhar com madeira, pintura e decoupage, e ainda me desafio a fazer arte através do quadro ‘Mãos à Obra’, que nessa nova temporada vem com um novo formato, pelo qual eu vou me desafiar ainda mais e poderei acompanhar uma obra de perto, me tornando um pedreiro, pintor ou marceneiro por um dia”. 

Mas, mesmo assim, vez por outra o apresentador se atrapalha no ar e “dá ruim”. Algumas peças de artesanato dão errado no final. Porém, as imagens das ‘falhas’ só divertem o público na TV e fazem o maior sucesso nas redes sociais.

 “As pessoas se divertem com os erros, mas eles não são programados, acontecem de verdade e é muito legal, pois o intuito do nosso programa é fazer com que os telespectadores se sintam capazes de produzir qualquer peça. Se dá errado comigo, o mesmo pode acontecer com quem está assistindo e isso nos aproxima. Como eu me divirto com toda a situação, acaba que fica engraçado. Muitas vezes, o resultado final do projeto não sai correto, como no dia em que eu estava fazendo uma peça de gesso, não deu o tempo suficiente de secagem - era uma mão - e ao tirar o molde, os dedos se quebraram e eu comecei a rir, de nervoso mesmo, e ficou muito engraçado”, conclui Rogerinho, que também apresenta o semanal "Quarta Show" na mesma emissora.

Confira todos os novos quadros do “Faça Você Mesmo”:

“É Fácil”

Ensina técnicas de forma prática e fácil, como por exemplo: uma artesã que ensina como utilizar mais facilmente a técnica de macramê.

“Aprendi no Programa” 

O telespectador envia um vídeo mostrando uma peça que aprendeu no programa e o apresentador relembra o dia que a peça foi feita.

“Artesanato Escolar”

Uma psicopedagoga ensina peças escolares/didáticas para crianças. 

“Decore com Arte”

Ensina como transformar diferentes peças em novas, apenas decorando e dando um novo uso a ela.

“Galeria de arte”

 O artesão exibe peças autorais e conta a sua história.

“Game” 

Vai ao ar toda penúltima sexta-feira do mês. O telespectador participa das brincadeiras, como a da “lousa” e a "palavra-chave", e pode ganhar prêmios oferecidos pelos patrocinadores. 

“Reciclarte”

Ensina o passo a passo com materiais reciclados, tais como: garrafa pet, caixa de leite e afins. 

“Como se Faz”

O apresentador Rogerinho vai até um local e dá dicas, como por exemplo, uma obra de uma residência, para mostrar como se coloca um piso no chão. 

Vera Jardim/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.