Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Realizado em 127 municípios no Estado, evento promoveu consultorias e oficinas gratuitas

Realizada pelo Sebrae/PR, em parceria com as prefeituras municipais, por meio das Salas do Empreendedor, Banco Central, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Cooperativas de Crédito e as Sociedades Garantidoras de Crédito do Estado, a Semana Nacional do Microempreendedor (MEI) obteve resultados positivos. O evento aconteceu em 127 municípios do Paraná, entre os dias 2 e 6 de maio, e promoveu, no Norte Pioneiro do Estado, 307 atendimentos e sete oficinas. Em Jacarezinho e Bandeirantes, duas tendas atraíram os microempreendedores, que tiveram a oportunidade de coletar informações e esclarecer dúvidas.

De acordo com Matheus Poleto, consultor do Sebrae/PR no Norte Pioneiro, esta foi a nona edição da Semana ME.  “Trata-se do maior mutirão empreendedor voltado para os pequenos negócios. Nossa intenção é sensibilizar os microempreendedores sobre a importância de formalizar os negócios, além de informa-los sobre os direitos e obrigações da categoria, como manter-se adimplente e entregar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN) para manter o CNPJ ativo”, informa.

Outro objetivo da Semana MEI é oferecer capacitação gratuita para aumentar a competitividade dos negócios. A programação inclui oficinas e consultorias em diversas áreas como nota fiscal eletrônica, ferramentas de marketing, finanças, gestão e produtividade.

O microempreendedor Ivo Haruo Arai se formalizou no último mês de janeiro, em Bandeirantes, e é frequentador assíduo da Sala do Empreendedor. “Abri um negócio no ramo de eventos e nunca tinha trabalhado neste setor. Sempre que possível, procuro ajuda do Sebrae/PR na Sala do Empreendedor.  Os consultores sempre têm informações para acrescentar e nos motivam, para não nos abatermos com a crise. Na Semana MEI, participamos de palestras e foi bem interessante”, conta.

Microempreendedor Individual (MEI) é uma figura jurídica que beneficia, com a formalização, empreendedores com faturamento bruto anual de até R$ 60 mil. Beneficiando atividades com artesãos, pipoqueiros, cabeleireiros, pintores, pedreiros, manicures, vendedores de roupas e costureiras, que antes atuavam na informalidade. A figura do Microempreendedor Individual (MEI) está prevista na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e entrou em vigor no Brasil em julho de 2009. A Lei Geral é uma legislação de fomento aos pequenos negócios.

No Brasil, são 6.937.651 microempreendedores individuais. No Paraná, a categoria contempla 396.869 empreendedores.

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.