Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os cidadãos paranaenses agora terão mais uma possibilidade de serviço de veículos no Estado. O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) assinou ontem (25) uma ordem de serviço que permite a finalização de processos por despachantes de trânsito que inclui a emissão de certidões e históricos do veículo e do proprietário. A expectativa é que com a nova medida o tempo de atendimento seja reduzido.

“O Paraná tem cultivado uma relação de respeito, confiança e parceria com os despachantes. A área de veículos é complexa, burocrática e documental, por isso, esperamos oferecer ao cidadão mais agilidade mantendo a segurança do processo que o Departamento sempre preservou”, diz o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

SERVIÇOS - Atualmente existem cerca de 950 despachantes credenciados no Estado. Com a nova ordem de serviço, os profissionais que estiverem capacitados poderão emitir certidão de registro de veículos, de propriedade, de débitos e da Agência Nacional de Transportes Terrestres e também histórico do veículo e do proprietário.

“Sabemos que com a liberação desses procedimentos vamos beneficiar tanto os usuários como também a logística do país que depende de emissão de documentação para manter o fluxo de trabalho”, afirma o presidente do Sindicato dos Despachantes do Estado do Paraná, Everton Calamucci.

OUTROS AVANÇOS – Em junho, o Detran liberou aos despachantes a finalização de processos de primeiro emplacamento no Estado. Desde então, os credenciados podem fazer a vistoria, emitir o processo e com as guias pagas entregar os pedidos em lotes ao Detran.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.