Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Geral 10/08/2021  08h27

Vivendo a superdotação

Mesa redonda irá reunir grandes nomes para discutir tal capacidade

Dia 10 de agosto comemora-se o dia Mundial da Superdotação, fenômeno esse que se caracteriza por um desenvolvimento intelectual acima da média, identificado principalmente em crianças. Pensando nisso, o portal Vivendo a Superdotação preparou a segunda edição da mesa redonda sobre o tema para discutir o abismo entre o discurso da inclusão e a prática. O bate papo irá acontecer hoje, às 20h, de forma online e gratuita.

Muitos nomes importantes do cenário estarão presentes a fim de expandir o debate sobre o tema e sanar possíveis dúvidas. Alinne Arquette é juíza de Direito Titular do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Denner Pereira é advogado e assessor da Procuradoria Geral do Estado do Paraná e Ligiane Rodrigues Bueno é promotora de justiça no estado de São Paulo, 1ª Promotora de Justiça da cidade de Araras.

Além desses, o psicólogo Damião Silva, que também possui superdotação, irá mediar a mesa em um bate papo que promete ser muito esclarecedor: “Falar sobre inclusão de superdotados é falar sobre uma educação individualizada. É importante repensar a formação dos profissionais de educação e saúde do país, além de um trabalho em conjunto com a família”, conta o psicólogo.

Trazer o assunto à tona, promover o debate e desmistificar a imagem de que essas pessoas executam toda e qualquer atividade com excelência é o principal objetivo da mesa redonda. Com isso, busca-se oferecer mais qualidade de vida, ensino ideal e o fim de comportamentos agressivos, desmotivação e isolamento.

Para se inscrever, basta acessar www.vivendoasuperdotacao.com.

Carol Freitas/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.