Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Iniciativa apoiada pela administração municipal contou com a parceria do projeto PARE e de especialistas veterinários

Aconteceu de 23 a 29 de setembro, na antiga Biblioteca Cidadã, a campanha de Castração Solidária, em parceria com o projeto PARE (Proteção aos Animais Rejeitados e Excluídos), com a equipe da Dra. Fabiana Caetano, idealizada e promovida pela vereadora Maria Galera, por meio de seu gabinete, com apoio da administração municipal.

Objetivada em atender a população que não se enquadra nos programas sociais e ações de castração gratuitas, a campanha, por meio da administração municipal, contou com local e infraestrutura adequados para o seu desenvolvimento e atendeu, naquela semana, cerca de 400 animais entre cães e gatos, a preço popular.

O prefeito José Maria Ferreira, em fala sobre a iniciativa, registrou: “Esta ação da vereadora Maria Galera é de muita importância, vem para colaborar com o controle de animais em nossa cidade, vem para evitar que muitos sejam deixados nas ruas e que sofram maus tratos. Além disso, precisamos reiterar que os tutores devem exercer com responsabilidade os cuidados, que promovam a estes animais, um tratamento digno. Esta é uma ação que valoriza a vida, que cuida da saúde do animal, que respeita a natureza, a nossa cidade, e é por isso que enquanto administração municipal, apoiamos integralmente”, concluiu o prefeito.

Vale lembrar que a castração é um procedimento cirúrgico, foi realizado de maneira responsável por médicos veterinários, e o pós operatório também foi assistido pelos profissionais. Os tutores receberam orientações para a continuidade dos cuidados, a fim de instruí-los sobre as práticas que evitarão infecções e auxiliarão na recuperação dos pets.

A vereadora Maria Galera afirmou: “Esse projeto é fruto de muito esforço, e conta com a boa vontade de várias pessoas envolvidas, pois o valor das castrações em clínicas particulares geralmente ultrapassa a casa dos R$400,00 até 10kg, e com esse projeto o preço médio ficou em torno de R$ 100,00 até 20kg com a medicação inclusa, deste modo foi possível que varias pessoas pudessem dar melhor qualidade de vida para seus bichinhos e ainda contribuírem para que a longo prazo não tenhamos animais abandonados pelas ruas de nossa cidade”, concluiu a vereadora.

A ação, desde sua data inicial, permaneceu em atendimento inclusive aos finais de semana, tendo considerável adesão e sucesso nos procedimentos realizados.

NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.