Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pela primeira vez, as eleições dos membros dos Conselhos Tutelares serão realizadas de maneira unificada em todo o Brasil - antes, a escolha era feita de acordo com o calendário estipulado por município. O pleito está marcado para o próximo domingo (4 de outubro).

Segundo a Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, o País tem 5.906 Conselhos Tutelares estruturados - é recomendável a implantação de pelo menos um colegiado para cada grupo de 100 mil habitantes. No Paraná, são 417, com cinco conselheiros titulares em cada um deles, totalizando 2.085 profissionais. Os 399 municípios do Estado contam com o órgão.

Em Ibiporã, 12 candidatos disputam cinco vagas existentes no colegiado, assim como para seus respectivos suplentes. A posse e diplomação dos eleitos serão no dia 10 de janeiro de 2016. O mandato é de quatro anos, com direito a reeleição.

O processo de escolha dos candidatos incluiu análise de documentos, realização do curso prévio “Política de Atendimento à Criança e ao Adolescente”, prova de conhecimentos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e teste psicológico. Os candidatos tiveram que comprovar experiência de no mínimo dois anos na área de defesa ou atendimento à criança e adolescente. O conselheiro eleito tem contrato de dedicação exclusiva com a Prefeitura Municipal de Ibiporã. O salário é de R$2.289,86.

O pleito é coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e o Conselho de Direitos, com o apoio da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social. Segundo a secretária executiva dos Conselhos de Ibiporã, Carla Sabino, mais de 30 servidores trabalharão no dia das eleições. A votação acontece domingo (04/10), das 8 às 13 horas, na Escola Eng. Francisco Gutierrez Beltrão (Av. Eng. Francisco Beltrão, 65 – Centro). “Seis urnas de lona com cédulas de papel estarão distribuídas em seis salas de aula. São 123 seções eleitorais e mais de 38 mil eleitores no município. Para votar é necessário o título de eleitor e um documento com foto”, informa Carla. A apuração e divulgação do resultado ocorrerão no mesmo dia, no próprio local de votação.

Embora facultativa a participação no pleito, Carla ressalta que é importante o cidadão exercer o seu direito de escolha de profissionais que zelarão pela garantia e defesa dos direitos da criança e do adolescente. “Antes um colegiado formado por 125 membros, entre Conselho Tutelar, autoridades, vereadores, secretários municipais e representantes das escolas municipais, estaduais e particulares elegiam os conselheiros. Agora a eleição é pelo voto universal, dando mais visibilidade e transparência ao processo, chamando a atenção para a importância da instituição”, argumenta a secretária executiva dos Conselhos.

Candidatos ao Conselho Tutelar de Ibiporã:

- Alessandra Leiva Costa Piocopi;

- Cacilda Tejo da Silva;

- Damião João de Souza;

- Gragiani Cardin Botelho;

- Helouise Gnann Bueno;

- Josenildo Ferreira da Silva;

- Kamila Sanguanini Colombo;

- Marcela Vic Taliatelli;

- Maria Suely Cardoso;

- Rosemari Henrique Santos;

- Soraya Rocha Botega;

- Viviane dos Santos Liziero

Serviço

Eleições de novos conselheiros tutelares – Gestão 2016/2019

Quando: 4 de outubro (domingo)

Local:  Escola Eng. Francisco Gutierrez Beltrão (Av. Eng. Francisco Beltrão, 65 – Centro)

Horário: 8 às 13 horas

Documentos: Título de Eleitor e documento com foto. É necessário estar em dia com as obrigações eleitorais

Voto facultativo. Cada eleitor tem direito a votar em um candidato.

Núcleo de Comunicação Social – PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios