Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pessoas com direito ao benefício financeiro que estão com dificuldade de se cadastrar pelo aplicativo ou site da CAIXA pode procurar a Agência do Trabalhador

Beneficiários do Auxílio Emergencial são atendidos na Agência do Trabalhador de Ibiporã

A Prefeitura Municipal de Ibiporã informa que os munícipes com direito a receber o auxílio emergencial de R$600,00 concedido pelo Governo Federal podem buscar orientações junto à Agência do Trabalhador e aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

A fim de evitar risco de contágio pelo novo coronavírus, por medida de segurança, a recomendação é que a pessoa faça o contato por telefone. Contudo, se o cidadão não tiver um telefone, acesso à internet, ou está com dificuldade para baixar o aplicativo “CAIXA Auxílio Emergencial” ou o site https://auxilio.caixa.gov.br, a Agência do Trabalhador está atendendo presencialmente, em horário reduzido, para cadastrar os beneficiários e prestar orientações.

O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas. Respeitando as recomendações de distanciamento social, fitas adesivas foram coladas no chão para que as pessoas mantenham pelo menos um metro de distância uma das outras. Fitas de isolamento também foram colocadas nos guichês de atendimento. Somente três pessoas são atendidas por vez no interior da agência. Para garantir a saúde e segurança dos servidores, foram disponibilizadas máscaras de contenção e álcool em gel 70%.

Endereços e telefones:

CRAS Central: R. João Barreto, 105 - Jardim Pérola.Telefone: 3178-0225

CRAS Gino Peretti: Rua Cianorte, s/nº - Residencial Terra Bonita. 3178-0338 - 3178-0401

Agência do Trabalhador: Av. Dom Pedro II, 294. Centro. 3178-0224

Auxílio Emergencial

O que é

O é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19.

Quem tem direito ao Auxílio

Pode solicitar o benefício o cidadão maior de 18 que atenda a todos os seguintes requisitos:

Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:

- Microempreendedores individuais (MEI); 

- Contribuinte individual da Previdência Social;

- Trabalhador Informal.

Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo  (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

Quem não tem direito ao Auxílio

Tenha emprego formal ativo;

Pertence à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50);

Está recebendo Seguro Desemprego;

Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;

Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

Como receber o Auxílio Emergencial

Desde que atenda às regras do Auxílio, quem já está cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), ou recebe o benefício Bolsa Família, receberá o benefício automaticamente, sem precisar se cadastrar.

As pessoas que não estão cadastradas no Cadastro Único, mas que têm direito ao Auxílio, poderão se cadastrar no aplicativo ou site do Auxílio Emergencial.

O cadastro será analisado e o resultado da solicitação  poderá ser acompanhado pelo próprio aplicativo Auxílio Emergencial.

Assim que o cadastro for confirmado e se o usuário não possuir conta na CAIXA ou Banco do Brasil, será gerado um código que deverá ser utilizado para acesso a sua Conta Poupança Social pelo aplicativo Caixa TEM.

Calendário de pagamentos

São três calendários de pagamento diferentes:

- um para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;

- um segundo para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família;

- e um terceiro para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa.

Para quem receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começarão a ser liberados a partir do dia 27. Antes disso, no entanto, os recursos poderão ser movimentados digitalmente.

Inscritos no CadÚnico sem Bolsa Família

Terça-feira, 14: recebem os correntistas do Banco do Brasil e também as pessoas nascidas em janeiro que vão receber pela poupança digital da Caixa;

Quarta-feira, 15: Nascidos em fevereiro, março e abril, e que vão receber pela poupança digital;

Quinta-feira, 16: Quem nasceu entre maio, junho, julho e agosto, e que a Caixa também abriu uma conta ponpança digital;

Sexta-feira, 17: Recebe o auxílio, pela poupança digital, quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro;

Documentos:  Receita Federal libera inscrição de novos CPFs por e-mail. Saiba como fazer

Beneficiários do Bolsa Família

Quem já recebe o Bolsa Família e tem direito ao auxílio emergencial, vai receber o valor automaticamente, não será preciso fazer nada no banco para isso. Nesta semana, cerca de 2,7 milhões de brasileiros vão receber o benefício.

Quinta-feira, 16: beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 1;

Sexta-feira, 17: quem já recebe o Bolsa Família a tem último dígito do NIS igual a 2;

Calendário geral

Quinta-feira, 9 de abril: Receberam os beneficiários que estão no CadÚnico e que não têm direito ao Bolsa Família, além disso, as pessoas devem ser correntistas do Banco do Brasil ou poupadoras da Caixa;

De 14 a 17 de abril: É a vez de quem está no Cadastro Único, não recebe Bolsa Família e nem tem conta em banco público;

Últimos 10 dias úteis de abril: Reservados para beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa;

Em até 5 dias úteis após inscrição no aplicativo ou pelo site, o dinheiro estará disponível para trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único nem no Bolsa Família;

Saques em espécie

A Caixa Econômica também elaborou um calendário para que os beneficiários que receberam o auxílio pela poupança digital possam sacar a quantia em espécie. Até lá, só poderão movimentar a conta digitalmente.

27 de abril: nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril: nascidos em março e abril

29 de abril: nascidos em maio e junho

30 de abril: nascidos julho e agosto

4 de maio: nascidos em setembro e outubro

5 de maio: nascidos em novembro e dezembro

Todas as informações sobre o Auxílio Emergencial podem ser consultadas no site: caixa.gov.br/auxilio.

Caroline Vicentini/NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios