Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Ibiporã 06/04/2017  09h28

Ibiporã lança projeto de empreendedorismo no setor de confecção industrial

Projeto a ser executado pela Secretaria do Trabalho em parceria com Sebrae, Senai, Fomento Paraná e empresas qualificará costureiros para empreenderem na área da facção

Preocupada com a qualificação profissional e geração de emprego e renda para os trabalhadores ibiporaenses em um momento de grave crise econômica pela qual o país atravessa, a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, lançou na sexta-feira (31/03) o projeto "Ibiporã na Linha do Futuro".

O projeto foi lançado no auditório do Centro Tecnológico do Trabalhador de Ibiporã (CTTI) e contou com as presenças do prefeito João Coloniezi, do vice, Beto Baccarim, da secretária do Trabalho, Maria Romana, do deputado federal Alex Canziani, dos vereadores Zezinho da Estoril e Mari de Sá, o empresário e presidente do Sindicato do Vestuário do Norte do Paraná (Sivepar), Alexandre Graziano de Oliveira, representantes do Sebrae, Senai, Sest Senat e Fomento Paraná, parceiros do projeto, além de secretários municipais, servidores, empresários do segmento de confecção e costureiras.

"Ibiporã na Linha do Futuro" consiste em uma ação da administração municipal para a geração de trabalho e renda na área de costura. "O município de Ibiporã, através da Secretaria Municipal do Trabalho, fez levantamentos e vem trabalhando na criação de um projeto inovador, no qual serão envolvidos munícipes com potencial em criar, inovar e empreender através da costura, na área da facção. Serão criados grupos, com apoio do município, proporcionando qualificação, acompanhamento, a fim de garantir trabalho digno, onde possamos prosperar juntos", explicou a secretária do Trabalho, Maria Romana.

Na parte de qualificação profissional, o Senai ministrará o curso "Técnicas Avançadas de Confecção Industrial".  Já o Sebrae capacitará os participantes do projeto sobre empreendedorismo. O objetivo é que os costureiros se tornem Microempreendedores Individuais (MEIs), formando células de costura em suas próprias residências para que forneçam os serviços às empresas parceiras do projeto. "Inicialmente trabalharemos com costureiros que já possuem máquinas, capacitando e orientando na montagem de células em suas próprias casas. Para aqueles que não possuem o equipamento, o município disponibilizará máquinas por um período de seis meses em nossa incubadora de costura. Após este período, os profissionais estarão aptos a montarem as células residenciais. As máquinas e equipamentos poderão ser financiados por meio do Banco do Empreendedor. Desta forma, ocorrerá um processo rotativo, onde estaremos qualificando, orientando, oferecendo espaço e equipamentos para vários grupos", explanou a coordenadora da Divisão de Qualificação Profissional, Sônia Martins.

Durante a apresentação do projeto, o prefeito João Coloniezi ressaltou que o foco da atual gestão é criar alternativas para que cada vez mais pessoas estejam inseridas no mercado de trabalho, gerando renda e qualidade de vida. "É para vocês, costureiras, que estamos voltando nossos olhares. É na segurança da família que apostamos. Quando a família tem renda, tem perspectiva de futuro. Parabenizo a equipe da Secretaria do Trabalho e aos parceiros que estão acreditando no projeto", concluiu o prefeito de Ibiporã.

Após os discursos das autoridades que compuseram a mesa de honra foi servido um café da manhã aos presentes. A segunda parte do evento contou com depoimentos do instrutor do Senai na área de Confecção/Modelagem, José Carlos Campos, e da empresária do ramo de confecção Adriana Silva, que atualmente emprega 400 pessoas no município de Nova Santa Bárbara, localizado no Norte do Estado.

Mais informações sobre o projeto "Ibiporã na Linha do Futuro" na Secretaria do Trabalho - Av. Dom Pedro, 294, ao lado da Praça Pio XII. Telefones: 3178-0223/0224

ASCOM/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios