Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Município foi reconhecido por ter implantado Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEEP) em 100% das escolas de Ensino Fundamental 1º ciclo

Ibiporã foi contemplada pelo 1º Prêmio Sebrae Educação Empreendedora no Paraná, por ter implantado o Programa Sebrae de Educação Empreendedora em 100% das escolas do Fundamental I entre os anos de 2015 e 2016. A cerimônia de premiação ocorreu na última quinta-feira (17), na sede do Sebrae, em Curitiba, e reuniu representantes de municípios, de Instituições de Ensino Superior (IES) e professores que apresentaram as iniciativas mais expressivas na área do empreendedorismo em suas regiões.

Ao todo, foram 278 inscritos, de todas as regiões do Estado. Ação inédita da entidade, a premiação tem como objetivo reconhecer o desenvolvimento do empreendedorismo em nível escolar. Cinco categorias foram premiadas: municípios paranaenses que tenham implantado o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEEP) em 100% das escolas de Ensino Fundamental 1º ciclo, entre os anos de 2015 e 2016; Instituição de Ensino Superior (IES) com maior índice de educação empreendedora do Estado; professores de Ensino Fundamental 1º e 2º ciclo, e professores de Ensino Médio com práticas mais inovadoras em educação empreendedora.

Na região Norte, foram premiados os municípios de São João do Ivaí, Apucarana, Londrina, Ibiporã, Congonhinhas e Santana do Itararé. São Mateus do Sul, Tibagi, Mato Rico e Nova Tebas foram premiados pela regional Centro, e Barracão, Capanema, Manfrinópolis, Planalto e São Jorge D´Oeste pela regional Sudoeste.

Na região Oeste do Estado, foram premiados os municípios de Quatro Pontes, Nova Santa Rosa, Tupãssi, Céu Azul, Nova Laranjeiras, Foz do Jordão, Santa Helena e Virmond. Altônia, Goioerê, Icaraíma, Mamborê, Marilena, Nova Londrina, Santa Fé e Umuarama foram premiados pela regional Noroeste, e Rio Branco do Sul, Quitandinha, Campo do Tenente e Mandirituba pela regional Leste.

Na categoria Professores de Ensino Fundamental 1º ciclo, a premiada em nível estadual foi Marilene Catarina Allievi Rodrigues, da Escola Municipal Maria Zuchinalli Slongo, de Barracão, região Sudoeste. O vencedor estadual da categoria Professores de Ensino Fundamental 2º ciclo foi Dimas Correia, do Colégio Estadual Adélia Bianco Seguro, em Mato Rico, na regional Centro. Rodolfo Fiorucci, do Instituto Federal do Paraná de Jacarezinho, na regional Norte, foi o vencedor estadual da categoria Professores de Ensino Médio. Na categoria Instituição de Ensino Superior (IES), a vencedora foi a Pontifícia Universidade Católica (PUC) campi Toledo.

O prefeito José Maria Ferreira e a secretária do Trabalho e presidente do Comitê Gestor da Micro e Pequena Empresa, Lourdes Narcizo, representaram o município no recebimento da premiação. Em Ibiporã, o programa começou a ser desenvolvido no último bimestre de 2016. Cento e setenta e quatro professores, diretores e coordenadores da todas as escolas municipais foram capacitados pelo Sebrae e certificados para serem os responsáveis pela implantação do programa em suas unidades escolares. O material didático do Sebrae foi distribuído a mais de quatro mil alunos do 1ª ao 5º ano. Por meio de atividades lúdicas, os estudantes foram incentivados a buscar o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. "Esta premiação é um reconhecimento pelo esforço do Município em implantar o programa em todas as unidades municipais com ensino fundamental",  ressaltou o prefeito José Maria Ferreira.

Os alunos participaram de cursos sobre diferentes temas, tais como ervas aromáticas, temperos naturais e oficina de brinquedos ecológicos. Os produtos foram comercializados em feiras organizadas pela própria escola, e contou com a participação dos pais e comunidade. "A metodologia é muito interessante porque oportuniza que os alunos vivenciem as características empreendedoras, como iniciativa, trabalho em equipe, autonomia, pensamento crítico", apontou a assessora de Ensino Fundamental Irma dos Santos. "Com o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores, no futuro estes alunos estarão mais aptos a gerenciar a própria vida tanto no aspecto profissional, como pessoal e social", finalizou a secretária do Trabalho.

Nesta etapa estadual, os primeiros colocados de cada categoria receberam troféus, certificados, e um pacote de viagens completo para participar de uma missão técnica e conhecer experiências de sucesso em educação empreendedora na Escola Sebrae de Formação Gerencial, no centro de referência de empreendedorismo do Sebrae em Minas Gerais, e no Instituto Inhotim, um dos mais relevantes acervos de arte contemporânea do mundo.

Com/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios