Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Edimar Beloni Laureano/Asimp/Samae
 
O Ministério das Cidades divulgou recentemente os dados do último SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico - que é a base mais completa sobre o setor no país relativa ao ano de 2011.
 
Ibiporã, apesar de ser considerado um município pequeno, abaixo de 50 mil habitantes, possui altos índices de qualidade quando o assunto é água tratada, esgoto coletado e tratado e gerenciamento de resíduos sólidos.
 
Os índices do município chegam a 100 % de imóveis atendidos com água tratada encanada e 95,2 % dos imóveis, contando zona urbana e rural, atendidos com completa rede de esgoto, incluindo coleta e tratamento adequados, além de possuir elevados índices quanto ao serviço de coleta e destinação de resíduos.
 
Segundo o SNIS, a média nas 100 maiores cidades no estado é de 92,2% com água tratada e 61,4% com coleta de esgoto. No Brasil a média é de 82,4% pra o atendimento com água tratada e 48,1% em coleta de esgoto e Ibiporã, apesar de não figurar entre os grandes municípios, já possui índices de saneamento básico bem acima da média estadual e nacional comprovando a qualidade dos serviços efetuados pelo SAMAE a toda população.
 
De acordo com o Diretor Presidente do SAMAE, Claudio Buzeti, esses dados só vem a comprovar a excelência que a autarquia possui no desempenho de suas atribuições.
 
Buzeti afirmou que estão sendo feitos novos investimentos para que nos próximos anos melhore ainda mais o sistema de distribuição de água e tratamento de esgoto, assim como o gerenciamento da coleta de resíduos, para que Ibiporã possa cada vez mais figurar em destaque nacional nesses quesitos.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios