Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O prefeito municipal de Ibiporã, José Maria Ferreira, viaja nesta sexta-feira (27) para Seul, na Coréia do Sul, em missão internacional de representação do município. Até o dia 03 de abril José Maria estará na capital sul coreana pleiteando a instalação de uma fábrica de produção de LED (diodo de emissor de luz) das empresas Fine Field Trading LTD e KSB. “Será a primeira unidade latino-americana da fábrica de sistemas fotovoltaicos de geração de energia voltada para investimentos na área de tecnologia LED. A escolha pela nossa região deve-se a sua posição geográfica estratégica tanto para o mercado brasileiro quanto para o latino-americano”, revela o prefeito.

Além do prefeito de Ibiporã, a comitiva é formada pelo prefeito de Cambé, João Pavinato, o presidente do Instituto das Águas do Paraná, Amin José Hanouche, e um tradutor. A agenda a ser cumprida no país inclui uma recepção do grupo por representantes do governo coreano, visita às instalações da KSB, visita a uma fábrica de sistemas fotovoltaicos de geração de energia e reunião com o Conselho de Administração de ambas as empresas.

A missão foi organizada pelo diretor de Recursos Hídricos do Estado do Paraná, Iran de Rezende. “O João Pavinato também tentará atrair a empresa para Cambé. Se ela ficar na Região Metropolitana de Londrina já está de bom tamanho, pois se trata de uma empresa de alta tecnologia, que apresenta uma proposta de mudança dos padrões energéticos, utilizando a fonte renovável de energia mais abundante e amplamente disponível no planeta, o sol, com uma tecnologia de energia limpa e sustentável, a um custo menor e eficiência energética”, argumenta José Maria.

Conforme José Maria, o interesse em atrair a multinacional para Ibiporã está sendo analisado dentro da perspectiva da crise hídrica e energética enfrentada atualmente pelo país. “A situação do estresse hídrico é complexa, e a busca de fontes alternativas para produção de energia é importante, pois a energia hidrelétrica está ficando cada vez mais cara e escassa”, argumenta. O prefeito acrescenta que a instalação da empresa sul coreana alavancaria o setor industrial de Ibiporã, que se encontra em franco desenvolvimento graças a políticas públicas desenvolvidas desde 2009, com a construção do Condomínio Empresarial, localizado às margens da BR-369, e o loteamento industrial Nenê Favoretto, às margens da PR090, próximo a saída para Sertanópolis. “Sediar uma empresa deste porte traz muitas vantagens ao município, como a geração de empregos, aumento da renda, desenvolvimento do setor de alta tecnologia e melhora dos serviços públicos prestados aos cidadãos”, pontua.

Durante a licença de José Maria a chefia do Executivo Municipal ficará a cargo da vice-prefeita Sandra Moya. Esta é terceira vez que Sandra Moya assume o cargo interinamente. As outras duas vezes foram no período de 04 a 22 de julho de 2013 e de 5 a 20 de julho de 2010, sendo a primeira mulher a assumir a Prefeitura Municipal na história de Ibiporã. Sandra também já exerceu os cargos de secretária de Cultura e Turismo e diretora presidente da Fundação Cultural de Ibiporã (FCI).

Núcleo de Comunicação Social - PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios