Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Lançamento ocorrerá neste sábado (08), às 9h30, no Jardim Kaluana, com vacinação (drive thru) contra gripe e sarampo. Atendimentos começam na segunda-feira (10) 

Com o objetivo de levar os serviços da Prefeitura Municipal de Ibiporã mais próximo do cidadão, descentralizando o atendimento e evitando aglomerações em tempo de pandemia de Covid-19, o governo municipal lança neste sábado (08), às 9h30, no Jardim Kaluana (Zona Sul), o programa “Prefeitura Aqui”. O trabalho consiste em uma ação integrada com todas as secretarias do Município visando a atender as necessidades da comunidade local, por meio de políticas públicas nas mais diferentes áreas, tais como Assistência Social, Trabalho, Tributação, Protocolo e Saneamento.

Dentre os serviços da Prefeitura que estarão à disposição dos moradores da Zona Sul estão:

Assistência Social:

- Orientações e encaminhamentos para a rede socioassistencial (CRAS, CREAS e Serviços de Convivência), Bolsa Família e CAD Único;

- Assistência e Suporte para Mulheres;

- Atendimento e encaminhamento de famílias em vulnerabilidade social;

- Distribuição de kits alimentícios

Protocolo e Tributação:

- Emissão de guias;

- Informações sobre IPTU;

- Parcelamento de débitos;

Atendimento de protocolos de atendimentos dos serviços da Prefeitura

Trabalho:

- Informações sobre seguro desemprego e vagas de trabalho;

- Sala do Empreendedor/MEI

Samae

- Solicitação de água e esgoto;

- Faturas;

- Emissão de segunda via;

- Reclamações;

- Orientações diversas

O projeto funcionará em um imóvel localizado à Rua Francisco Antonio Vanso,  esquina com a Avenida Ibrahim Prudente da Silva, próximo à Paróquia Nossa Senhora das Graças, no Jardim Kaluana.

O atendimento ao público começará na próxima segunda-feira (10) e ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas, como na sede da Prefeitura. O “Prefeitura Aqui”, na Zona Sul, é um projeto piloto. O objetivo do governo municipal é atender a todas as regiões da cidade com o programa. “A população da zona sul de Ibiporã foi a que mais cresceu nos últimos anos e supera atualmente os 10 mil habitantes. Com esta ação, queremos que os cidadãos resolvam suas demandas de forma mais ágil, prática e eficiente, evitando, assim, deslocamentos e gastos, principalmente neste momento em que a recomendação é evitar aglomerações por conta da pandemia do novo coronavírus. A prioridade deste projeto é tornar a Administração Pública mais aberta e democrática, com a participação de todos”, ressalta o prefeito João Coloniezi.

Vacinação contra a gripe e sarampo

Aproveitando o lançamento do “Ibiporã Aqui” neste sábado, a Secretaria Municipal de Saúde promoverá um mutirão para vacinar contra a influenza (gripe) e sarampo.

Das 9h30 ao meio dia, a vacinação ocorrerá pelo sistema drive thru, onde não será necessário descer do carro. A Secretaria de Saúde solicita que quem for se imunizar leve um documento de identificação com foto e a caderneta de vacinação.

Qualquer pessoa, acima de seis meses de idade, pode ser vacinada contra a gripe, sem restrições de grupos de risco ou segmentos.
A vacina contra a influenza fornecida pelo Ministério da Saúde é composta por vírus inativado, e protege contra os três vírus que mais circularam no ano passado pelo hemisfério sul. São eles: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Ela não evita a infecção pelo coronavírus, mas é especialmente importante porque protege a pessoa principalmente da contaminação e de quadros respiratórios mais graves e internamentos relacionados aos vírus da Influenza, contribuindo para o diagnóstico diferencial da Covid-19.

Já a vacinação contra o sarampo é dirigida para adultos na faixa etária de 20 a 49 anos. Devido ao surto da doença no país, é necessário que as pessoas desta faixa etária tomem uma dose extra da vacina, dentro da Estratégia de Vacinação contra o Sarampo. Elas são a prioridade da quarta fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que se iniciou em 23 de março e foi prorrogada até 31 de agosto pelo Ministério da Saúde.

Caroline Vicentini/NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios