Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Proprietários que forem notificados terão entre 30 e 45 dias para se adequarem às exigências do município sem sofrer multa

Núcleo de Comunicação Social – PMI

Desde o dia dois de janeiro a Prefeitura está notificando os donos de terrenos que não estão com a roçagem em dia e também aqueles que não possuem calçadas. Os proprietários terão o prazo de 30 a 45 dias para se adequarem às solicitações do município, caso isso não ocorra, a Administração Municipal multará o proprietário e fará o serviço, entretanto, o valor cobrado pelo poder público será maior do que se o próprio morador concluísse as adequações. Um terreno que poderia ser capinado ou roçado por um autônomo por R$ 40 ou R$ 50 pode custar mais de R$ 200 ao proprietário. A Prefeitura cobrará R$ 1,20 por m2.

Equipe da Prefeitura fazendo a roçagem na cidade

Para atender estas demandas, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Obras, faz o trabalho permanente de roçagem e tapa buracos da cidade. As equipes estão trabalhando com número reduzido de funcionários devido às férias de alguns integrantes, entretanto, o serviço é contínuo.

O verão propicia o crescimento mais rápido do mato e grama. “A combinação de sol e chuva os faz crescer aproximadamente cinco centímetros a cada dois dias”, explica o coordenador geral do Parque de Máquinas do município e responsável por coordenar o trabalho dessas equipes, Lávaro Furrier. “Estamos trabalhando em diversos pontos do município, dando preferência para os locais onde a mata está mais alta” esclarece Furrier. Os prédios públicos serão os próximos a serem roçados, acrescenta ele.

Segundo o secretário de Obras, Alexandre Casagrande, “a mata alta é muito prejudicial porque atrai bichos peçonhentos, propicia o entupimento dos bueiros e gera reclamações de vizinhos. Esperamos a colaboração dos munícipes e que os proprietários realizem esse trabalho nos seus terrenos”, comenta.

Para ajudar a atender a demanda, desde segunda-feira (07) uma empresa terceirizada, Ana Paula Paisagismo, ajudará na roçagem do mato da cidade.

As chuvas passageiras, porém intensas do verão, também contribuem para a deterioração da malha asfáltica, aponta Casagrande. “Por este motivo, procura-se iniciar os trabalhos de tapa buraco já no dia seguinte, ou então quando não é possível pela continuidade das chuvas, esperamos que elas passem de vez, evitando assim que o problema fique maior”, afirma o secretário de Obras.

 As pessoas que souberem de algum buraco ou então locais que precisam de roçagem devem comunicar a Secretaria de Obras, que enviará os encaminhamentos ao Parque de Máquinas.

Secretaria de Obras – Serviço:

Atendimento: De segunda a sexta-feira

Horário: Das 08 às 17h

Local: Rua: Padre Vitoriano Valente nº 540, Centro (Prefeitura Municipal)

Fone: 3178-8449

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios