Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Alguns playgrounds contarão com balanços e gangorras adaptados para pessoas com deficiência. Equipamentos serão instalados em espaços públicos, escolas e CMEIS

Ibiporã ganhará em breve mais 30 playgrounds, inclusive para crianças com deficiência. No dia 27 de dezembro, a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria de Administração, realizou uma licitação na modalidade pregão eletrônico, do tipo menor preço por item, para aquisição dos equipamentos.

Os parques infantis, confeccionados em madeira plástica revestida com acabamento de polipropileno e polietileno, material considerado o mais adequado após o devido estudo técnico por não possuir rebarba, não aquecer demasiadamente e ter maior durabilidade, serão instalados em escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), quadras, praças, ginásios e no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantil. Dentre os brinquedos licitados constam cinco balanços e cinco gangorras adaptadas para pessoa com deficiência. Todos os itens deverão cumprir a norma da ABNT NBR16071, que especifica os requisitos de segurança para os equipamentos de playground.

Segundo o Departamento de Licitação, cinco empresas dos municípios de Cornélio Procópio/PR, Cedral/SP, Guaramirim/SC, Cariacica/ES e Ibirubá/RS participaram do certame por meio da plataforma eletrônica da Bolsa de Licitações e Leilões (BLL), sistema informatizado, on line, o qual permite que empresas de qualquer estado brasileiro participem dos lances por si ou através de corretores previamente cadastrados, gerando mais transparência e economia aos cofres municipais.

Três empresas foram declaradas vencedoras da licitação, cujo valor total do edital era de R$ 594.117,52. O valor final foi de R$500.120,00, uma economia de quase R$94 mil aos cofres públicos. O valor poderá ser aplicado na aquisição e reforma de Academias da Terceira Idade (ATI). O processo está em fase de análise dos documentos comprobatórios de habilitação.

Conforme o edital, a empresa vencedora da licitação deverá entregar e instalar os produtos no prazo máximo de 30 dias, a contar do recebimento da requisição do material. A empresa vencedora ficará obrigada a ajustar, corrigir, regular, trocar, substituir e refazer todos os materiais que apresentarem defeitos, dentro do prazo de garantia – no mínimo três anos, a contar da data da entrega ou da constatação do vício oculto (quando se manifestam após certo tempo de uso).

“Queremos que as famílias levem seus filhos para se divertir nos parquinhos e nos ajudem a preservá-los. São playgrounds coloridos, modernos e seguros, formados por rampas, escadas, cadeirinhas, tobogãs, escorregadores. Além de brincar, as crianças poderão estimular a criatividade inventando diversas situações, desenvolver habilidades motoras, a autoconfiança, autonomia ademais contribuir para a socialização delas”, ressaltou o prefeito João Coloniezi.

Caroline Vicentini/NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios