Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Espaço será isolado a partir desta segunda-feira (04) para início das obras de reforma e ampliação. Pontos de embarque e desembarque mudarão para as proximidades

A Administração Municipal, através da Secretaria de Obras, inicia nesta segunda-feira (04) as obras de reforma e ampliação do Terminal Rodoviário José da Rocha Guedes, em Ibiporã. O espaço será isolado para que as obras sejam realizadas com mais segurança e, com isso, os pontos de embarque e desembarque dos ônibus urbano, metropolitano e estadual serão transferidos para outras vias próximas ao terminal.

Segundo a engenheira civil da Prefeitura Municipal de Ibiporã, Gimeri Calsavara, as mudanças ocorrerão somente depois que forem instaladas as coberturas para os passageiros e sinalização, o que deve acontecer nos próximos dias. O embarque e desembarque de passageiros dos ônibus urbano e metropolitano da Til Transportes serão realizados na Avenida Eng. Francisco Beltrão, nas proximidades  da Escola Estadual Engenheiro Francisco Gutierrez Beltrão. A empresa informa que não haverá alteração nos horários e itinerários dos coletivos.

Já os ônibus da Viação Garcia, Ouro Branco, Princesa do Ivaí e Brasil Sul embarcarão e desembarcarão os usuários em frente ao guichê de venda de passagens, na Rua Serafim Nunes Diniz, 380, sala 2, entre a Avenida Paraná e Rua Getúlio Vargas. O guichê da companhia funciona de segunda a sexta-feira das 6h30 às 18h30 e aos sábados, domingos e feriados das 6h30 às 18 horas.

O ponto de táxi também mudará para o outro lado, na própria Avenida André Sert. “Pedimos a compreensão e paciência dos usuários do transporte coletivo caso haja possíveis transtornos, principalmente neste início de obras”, solicita Gimeri.

Reforma e Ampliação do Terminal Rodoviário

Melhoria aguardada há muito tempo pelos ibiporaenses, a reforma do Terminal Rodoviário contemplará 1.161,82 m² de reforma e 258,02 m² de ampliação, totalizando 1.419,84 m². As obras incluem a modernização da infraestrutura, cobertura, reestruturação das plataformas de embarque e desembarque, substituição do piso e reforma e adaptação dos banheiros para pessoas com necessidades especiais.

O terminal ainda contará com comércio, totem eletrônico com o horário dos ônibus, internet gratuita, biblioteca, Centro de Informações Turísticas e um espaço que disponibilizará uma série de serviços de natureza pública, como emissão de Carteira de Identidade e de Trabalho. O projeto foi desenvolvido pelo secretário de Cultura e Turismo e arquiteto, Júlio Dutra, em parceria com a Secretaria de Planejamento.

Construído na década de 70, o Terminal havia passado por uma reforma em 1995, que abrangeu desde a cobertura até a troca de pisos, peças dos sanitários, revestimentos de azulejos, colocação de bancos, treliças, telhas, além de iluminação e pintura. Agora, o espaço passará pela sua maior reforma, com ampliação da área construída e revitalização do entorno. "Por aqui transitam cerca de cinco mil pessoas diariamente, de Ibiporã, além de outras cidades e estados. A cidade cresceu, e merece um Terminal Rodoviário à altura de sua pujança. Será uma remodelação de conceito, que permitirá acesso fácil, tranqüilo e confortável aos usuários. Certamente aqui será um local que a população terá orgulho de frequentar e mostrar aos visitantes", ressalta o prefeito José Maria Ferreira.

De acordo com o prefeito, os investimentos na reforma e ampliação do terminal devem chegar a R$1 milhão, provenientes de recursos municipais. A previsão é que obra seja entregue à população em novembro, mês de aniversário de Ibiporã.

 A Administração Municipal estuda a construção de outro terminal rodoviário em Ibiporã. "Estamos nos planejando para construir um novo terminal rodoviário fora do centro da cidade, próximo a saída para Jataizinho. A ideia é que o terminal atual seja apenas para ônibus urbanos. Isso se adequa às mudanças que ocorrerão no trânsito da cidade. Com essa nova construção, os ônibus de carreira (viagem) não mais passarão pelo centro ajudando no fluxo do trânsito, na área central", explica o prefeito. Este projeto ainda está em fase de estudos.

Caroline Vicentini/NC/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios