Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com o objetivo de facilitar o acesso da população às vacinas contra a gripe e o sarampo, a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu no último sábado (29) o “Dia D” da vacinação. A ação ocorreu das 9 às 16 horas, na Avenida dos Estudantes, em frente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pelo sistema drive thru (no carro). As Unidades Básicas de Saúde do Bom Pastor, La Fontaine e San Rafael também abriram para vacinação no mesmo horário.

Segundo o setor de Vigilância Epidemiológico, 447 adultos de 20 a 49 anos – público-alvo desta etapa da campanha nacional – foram vacinadas contra o sarampo. Já contra a gripe, 238 pessoas receberam a dose.

A dose de reforço da vacina contra o sarampo é uma estratégia para interromper a transmissão e eliminar a circulação do vírus no Brasil. Conforme o Ministério da Saúde, os estados do Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina concentram o maior número de casos confirmados de sarampo, totalizando 7.091 (98,3%) casos até 25 de julho, data do último boletim epidemiológico.

Prorrogação da vacina até 31 de outubro

Devido à baixa cobertura vacinal, o Ministério da Saúde ampliou para até 31 de outubro o prazo para a vacinação contra o sarampo na faixa dos 20 a 49 anos. A Campanha Nacional se encerraria nesta segunda-feira (31). Em Ibiporã, das 22.600 pessoas nesta faixa de idade, apenas 1.588 foram imunizadas. “Para que a população esteja protegida da doença, a cobertura vacinal tem que se ser na faixa dos 90%. A vacina é a única forma de se evitar o sarampo. Neste momento de pandemia, que precisamos evitar infecções e novas internações, reforçamos a importância da vacinação”, afirma a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Vanessa Luquini.

A dose só é contraindicada para gestantes, quem teve reação grave a uma dose aplicada anteriormente e para pessoas com imunodeficiência clínica ou laboratorial grave (com sistema imunológico sem capacidade para reagir bem à doença). A Secretaria de Saúde orienta que caso a pessoa esteja com sintomas respiratórios aguarde a melhora para poder se vacinar.

A vacina está disponível gratuitamente nas seguintes Unidades Básicas de Saúde: Centro de Saúde, Serraia, San Rafael, La Fontaine (Agenor Barduco), Jardim John Kennedy, Taquara do Reino e Jardim Bom Pastor. Não precisa de agendamento, basta levar um documento com foto e carteira de vacinação, se a possuir. A SMS também está traçando um cronograma de vacinação pelo sistema drive thru, o qual será divulgado em breve.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, altamente transmissível, que pode ser fatal. A transmissão ocorre através das secreções expelidas na tosse, no espirro ou na fala. O vírus pode permanecer no ambiente por até duas horas. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacinação.

Os sintomas mais comuns são febre alta, conjuntivite associada, olhos lacrimejantes e aversão à luminosidade, coriza, vermelhidão pelo corpo, mal-estar e tosse seca persistente. Após três dias de febre alta, em média, surgem as manchas avermelhadas pelo corpo, que duram cerca de 7 a 10 dias. O paciente fica convalescente devido à doença.

Gripe

A Secretaria de Saúde informa que ainda há doses disponíveis contra a Influenza (gripe) para a população acima de seis meses, sem restrições de grupos de risco ou segmentos. Para se imunizar, basta levar documento pessoal com foto e carteira de vacina. Não é necessário agendar.

A vacina contra a influenza fornecida pelo Ministério da Saúde é composta por vírus inativado, e protege contra os três vírus que mais circularam no ano passado pelo hemisfério sul. São eles: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Ela não evita a infecção pelo coronavírus, mas é especialmente importante porque protege a pessoa principalmente da contaminação e de quadros respiratórios mais graves e internamentos relacionados aos vírus da Influenza, contribuindo para o diagnóstico diferencial da Covid-19.

As doses estão disponíveis nas UBSs Centro de Saúde, Serraia, San Rafael, La Fontaine (Agenor Barduco), Jardim John Kennedy e Taquara do Reino. Gestantes e puérperas devem procurar a UBS do Jardim Bom Pastor. Levar documento de identificação com foto e carteira de vacinação. Não é necessário agendar.

Caroline Vicentini/Núcleo de Comunicação Social/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.