Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com o objetivo de facilitar o acesso da população às vacinas contra a gripe e o sarampo, a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu no último sábado (29) o “Dia D” da vacinação. A ação ocorreu das 9 às 16 horas, na Avenida dos Estudantes, em frente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pelo sistema drive thru (no carro). As Unidades Básicas de Saúde do Bom Pastor, La Fontaine e San Rafael também abriram para vacinação no mesmo horário.

Segundo o setor de Vigilância Epidemiológico, 447 adultos de 20 a 49 anos – público-alvo desta etapa da campanha nacional – foram vacinadas contra o sarampo. Já contra a gripe, 238 pessoas receberam a dose.

A dose de reforço da vacina contra o sarampo é uma estratégia para interromper a transmissão e eliminar a circulação do vírus no Brasil. Conforme o Ministério da Saúde, os estados do Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina concentram o maior número de casos confirmados de sarampo, totalizando 7.091 (98,3%) casos até 25 de julho, data do último boletim epidemiológico.

Prorrogação da vacina até 31 de outubro

Devido à baixa cobertura vacinal, o Ministério da Saúde ampliou para até 31 de outubro o prazo para a vacinação contra o sarampo na faixa dos 20 a 49 anos. A Campanha Nacional se encerraria nesta segunda-feira (31). Em Ibiporã, das 22.600 pessoas nesta faixa de idade, apenas 1.588 foram imunizadas. “Para que a população esteja protegida da doença, a cobertura vacinal tem que se ser na faixa dos 90%. A vacina é a única forma de se evitar o sarampo. Neste momento de pandemia, que precisamos evitar infecções e novas internações, reforçamos a importância da vacinação”, afirma a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Vanessa Luquini.

A dose só é contraindicada para gestantes, quem teve reação grave a uma dose aplicada anteriormente e para pessoas com imunodeficiência clínica ou laboratorial grave (com sistema imunológico sem capacidade para reagir bem à doença). A Secretaria de Saúde orienta que caso a pessoa esteja com sintomas respiratórios aguarde a melhora para poder se vacinar.

A vacina está disponível gratuitamente nas seguintes Unidades Básicas de Saúde: Centro de Saúde, Serraia, San Rafael, La Fontaine (Agenor Barduco), Jardim John Kennedy, Taquara do Reino e Jardim Bom Pastor. Não precisa de agendamento, basta levar um documento com foto e carteira de vacinação, se a possuir. A SMS também está traçando um cronograma de vacinação pelo sistema drive thru, o qual será divulgado em breve.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, altamente transmissível, que pode ser fatal. A transmissão ocorre através das secreções expelidas na tosse, no espirro ou na fala. O vírus pode permanecer no ambiente por até duas horas. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacinação.

Os sintomas mais comuns são febre alta, conjuntivite associada, olhos lacrimejantes e aversão à luminosidade, coriza, vermelhidão pelo corpo, mal-estar e tosse seca persistente. Após três dias de febre alta, em média, surgem as manchas avermelhadas pelo corpo, que duram cerca de 7 a 10 dias. O paciente fica convalescente devido à doença.

Gripe

A Secretaria de Saúde informa que ainda há doses disponíveis contra a Influenza (gripe) para a população acima de seis meses, sem restrições de grupos de risco ou segmentos. Para se imunizar, basta levar documento pessoal com foto e carteira de vacina. Não é necessário agendar.

A vacina contra a influenza fornecida pelo Ministério da Saúde é composta por vírus inativado, e protege contra os três vírus que mais circularam no ano passado pelo hemisfério sul. São eles: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Ela não evita a infecção pelo coronavírus, mas é especialmente importante porque protege a pessoa principalmente da contaminação e de quadros respiratórios mais graves e internamentos relacionados aos vírus da Influenza, contribuindo para o diagnóstico diferencial da Covid-19.

As doses estão disponíveis nas UBSs Centro de Saúde, Serraia, San Rafael, La Fontaine (Agenor Barduco), Jardim John Kennedy e Taquara do Reino. Gestantes e puérperas devem procurar a UBS do Jardim Bom Pastor. Levar documento de identificação com foto e carteira de vacinação. Não é necessário agendar.

Caroline Vicentini/Núcleo de Comunicação Social/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios