Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A torcida do Londrina quer esquecer a temporada passada, já que o time não foi bem e terminou o ano rebaixado na Série B do Campeonato Brasileiro. Para fazer diferente em 2020, o objetivo do Tubarão é desbancar o Athlético no Campeonato Paranaense e chegar com moral antes da Série C. O rival é o atual campeão, que aparece como favorito nas apostas esportivas, porém o treinador Alemão busca surpreender.

Com cinco novos reforços recém-chegados, o Londrina não fez mudanças drásticas no elenco para a nova temporada. Apesar do desempenho ruim na Série B, a diretoria buscou não apagar o trabalho feito durante 2019. Para este ano, o clube está reformulando seu time e movimentando seu mercado, como é possível verificar em https://globoesporte.globo.com/. A chegada do atacante Gabriel Barbosa, que estava no Palmeiras, foi a principal contratação para resolver o ataque ineficiente que o clube teve durante todo o ano passado.

Foram apenas 37 gols marcados na Série B e uma busca constante por mais efetividade no setor ofensivo. Mudar isso será essencial para o Tubarão começar 2020 com uma nova cara. O objetivo do treinador Alemão é começar o ano bem e desbancar o favoritismo que o Athlético tem nas apostas esportivas para o Campeonato Paranaense. Essa tarefa, entretanto, não será fácil, principalmente após a goleada por 4 a 1 sofrida para o rival. Em entrevista após o jogo, como é possível conferir em https://www.londrinaesporteclube.com.br/, o técnico elogiou a entrega do elenco e lamentou o placar elástico.

Assim, a equipe do Londrina vai precisar evoluir bastante para superar o Furacão. A equipe comandada por Dorival Júnior começou bem no Paranaense e já aparece com boas projeções nas apostas esportivas da temporada. É possível ver em https://apostas.betfair.com/ alguns dos números e projeções do Athlético até o momento, além de algumas expectativas para o resto do ano. O elenco perdeu algumas peças, mas continua sendo dominador entre os clubes do Paraná, segundo as estatísticas.

Preparação para a Série C

No final do ano passado, a Confederação Brasileira de Futebol confirmou que o regulamento da Série C não sofreu qualquer mudança, ou seja, o torneio continuará sendo disputado da mesma forma que foi em 2019. Serão dois grupos com 10 times, sendo divididos por regiões. Uma das chaves será composta apenas por equipes do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste, enquanto a outra fica com times do Sul e do Sudeste.

Vão se classificar para a segunda fase oito equipes, sendo quatro de cada grupo. Esses times disputam eliminatórias para descobrir quem serão os semifinalistas, que, além de disputar a fase final, também garantem presença na Série B de 2021. No ano passado, como mostra o site https://www.cbf.com.br/, Náutico, Sampaio Corrêa, Juventude e Confiança foram os finalistas, com o Timbu se consagrando campeão. 

O Londrina tem um longo caminho até o início da Série C e vai precisar melhorar bastante para conseguir fazer um bom torneio. Retornar para a elite do Campeonato Brasileiro ainda parece ser um sonho distante, mas é preciso trabalhar para voltar, pelo menos, para a Série B. Um título no Campeonato Paranaense seria uma motivação extra, mas para isso a equipe terá que desbancar toda a força e o favoritismo do Athlético nas projeções.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios