Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A professora Maria Tereza Paschoal de Moraes foi escolhida por meio de um processo de seleção nacional inédito no país, e referendada pelo Prefeito eleito Marcelo Belinati, para assumir a Secretaria Municipal de Educação de Londrina a partir de 1º de janeiro de 2017. Em sua decisão, o prefeito eleito levou em consideração a posição da classificação e a entrevista com a candidata.

O processo de seleção foi idealizado por Marcelo, juntamente com o Deputado Federal e presidente da Frente Parlamentar de Educação do Congresso Nacional, Alex Canziani.

A pré-seleção foi realizada pelo Instituto Vetor Brasil – uma entidade civil, sem fins lucrativos, especializada em selecionar e desenvolver talentos para trabalharem no setor público – que tem sede em São Paulo e conta com apoiadores como o Google e a Stanford University, de Palo Alto, Califórnia (EUA). Este trabalho não teve nenhum custo, tanto para os candidatos quanto para o Município de Londrina.

Maria Tereza foi a primeira colocada em todas as etapas da pré-seleção que levou em consideração a experiência profissional, a capacidade de gestão, a formação acadêmica e o conhecimento dos desafios da educação pública dos candidatos. “A definição do nome da professora Maria Tereza se deu única e exclusivamente pela  meritocracia que o cargo exige”, enfatizou Marcelo.

“De todos os nomes apresentados, a Maria Tereza foi a que cumpriu todos os requisitos específicos que necessitamos para trabalhar com a educação em Londrina. Ela tem um currículo extraordinário, uma vasta experiência em sala de aula e como gestora. Tenho convicção que vamos promover um salto gigantesco na qualidade da educação das nossas crianças, mantendo e aprimorando programas que já estão dando certo e introduzindo outros com o objetivo de modernizar a gestão da secretária e  melhorar os indicadores do setor”, afirmou Marcelo, lembrando que, quando secretária de Educação em Ourinhos (SP), Maria Tereza conseguiu melhorar o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) local de 5,3 para 6,4, além de reduzir em cerca de 85% a fila de espera por vagas em creche, que era de 1.054 crianças.

Entre as diversas etapas, seis pré-selecionados participaram de uma sabatina com a comunidade educacional de Londrina, e, na última etapa, de uma avaliação por uma banca de profissionais que sugeriram os três profissionais mais capacitados para ocupar o cargo de Secretário de Educação de Londrina. 

A banca foi formada pelo professor da FGV-Rio, ex-ministro da Educação, Henrique Paim; pela secretária nacional de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares; pela diretora da PUC-PR, campus Londrina e ex-reitora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Nádina Moreno; pelo vice-presidente do Conselho Estadual de Educação do Paraná, Paulo Schmidt; pela professora e ex-Secretária de Educação de Foz do Iguaçu, Joane Vilela; e pela representante da entidade Todos pela Educação, Priscila Cruz.

CURRÍCULO - Maria Tereza é professora, tendo atuado de 2000 a 2012 em sala de aula; também é advogada. Foi Secretária Municipal de Educação de Ourinhos de 2013 até março de 2016. Ela possui pós-graduação em Gestão Pública pela CLP/Harvard/EUA e é líder RAPS (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade). Também possui formação como intérprete de Libras (Língua Brasileira dos Sinais).

Com a excelente qualidade profissional dos demais cinco candidatos pré-selecionados, que também passaram pela sabatina e pela banca, Marcelo Belinati avalia a possibilidade de aproveitar o potencial deles em outras áreas da administração municipal.

O processo de seleção começou no dia 26 de outubro, com a abertura das inscrições. Até o dia 15 de novembro, o Vetor Brasil recebeu 129 inscrições para o cargo.

Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios