Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Londrina E.C. 04/10/2017  08h54

Último desafio para o título: Tubarão encara o Atlético Mineiro na decisão da Copa da Primeira Liga

Alviceleste pode voltar a conquistar um título nacional depois de 37 anos. Partida começa às 21h45 desta quarta-feira no Estádio do Café. Ingressos seguem à disposição do torcedor

A decisão é hoje. Depois de 37 anos, o Londrina Esporte Clube tem a oportunidade de voltar a vencer um título nacional. O último obstáculo para a conquista da Copa da Primeira Liga é o Atlético Mineiro, em duelo que começa às 21h45 no Estádio do Café. Quem vencer fica com a taça. Em caso de empate no tempo normal, a disputa vai para os pênaltis. Os ingressos continuam à disposição do torcedor, que pode conferir a final a partir de R$ 25,00.

Quem for ao estádio vai ver ao final um campeão inédito do torneio. O Alviceleste disputa a competição pela primeira vez, enquanto o Galo caiu na primeira fase na primeira edição da Copa da Primeira Liga, ano passado. Os londrinenses chegam com melhor campanha à decisão de 2017, até por isso jogam em casa. Líderes do grupo D, deixaram ainda pelo caminho Fluminense e Cruzeiro até chegarem à decisão (5 jogos, 4 vitórias e 1 empate). Os belo-horizontinos, que passaram em segundo no Grupo C, eliminaram Internacional e Paraná Clube (5 jogos, 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota).

“Uma final como essa nos coloca em uma situação que exalta todo o trabalho que temos feito”, destaca o zagueiro Dirceu. “Temos a condição de mostrar assim como nós fizemos [até chegar à final]. Enfrentaremos uma grande equipe e temos que fazer por merecer para conquistar esse título. Estaremos preparados para dar o nosso melhor e elevar o nome do Londrina no cenário nacional”, completa.

Nome que esteve no lugar mais alto do pódio pela última vez em uma competição nacional na Taça de Prata de 1980, quando o Tubarão goleou o CSA por 4 a 0 no mesmo palco do encontro de daqui a pouco e levantou o caneco. Era a primeira vez que o LEC decidia um título em casa e a torcida à época correspondeu, com mais de 36 mil presentes no Café. Os tempos são outros, mas os alvicelestes acreditam que o incentivo das arquibancadas tem que ser o mesmo.

“Que o torcedor possa ir ao estádio e nos incentivar”, convoca o técnico Cláudio Tencati. “São oportunidades que não podemos desperdiçar. O torcedor sempre anseia grandes jogos. Sendo uma final, o torcedor não pode perder essa oportunidade”, continua o treinador, que também adianta algumas das características do time para o encontro. “Nosso time tem que estar muito organizado, inspirado. Não ter o receio de jogar. Pra que possamos buscar o gol também e superar o Atlético”, acrescenta.

Para o jogo desta noite, o LEC não vai poder contar com o volante Germano, suspenso devido ao acúmulo de três cartões amarelos. O lateral-direito Raí Ramos, o lateral-esquerdo Igor Mirada, o volante Ícaro, o meio-campo Patrick Vieira e o atacante Ricardinho seguem em tratamento no Departamento Médico e sem condições de jogo. Suspenso da partida contra o CRB, pelo Campeonato Brasileiro da Série B, também devido ao acúmulo de cartões, o volante Romulo pode atuar normalmente.

De olho no adversário

Desde a noite de segunda-feira (2) em Londrina, o Atlético Mineiro fez no CT da SM Sports, na tarde de ontem (3), o último treino antes do jogo. Lesionado, o zagueiro Leonardo Silva não enfrenta o Tubarão e já está em Belo Horizonte. O meio-campo Otero serve a Seleção Venezuelana. O provável time para esta noite: Victor; Alex Silva, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Valdívia e Cazares; Robinho e Fred.

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Árbitro assistente 1: Carlos Berckenbrok (SC)
Árbitro assistente 2: Rafael da Silva Alves (RS)
Quarto árbitro: Leonardo Zanon (PR)
Quinto árbitro: Pedro Martinelli Cristhino (PR)

ASCOM/LEC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios