Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Trecho 1, que é a quarta de cinco etapas, vai trazer novas opções de percurso; abertura dos envelopes será feita no dia 5 de setembro deste ano

A Prefeitura de Londrina publicou, na segunda-feira (5), o edital de licitação para mais uma etapa das obras de implantação do Arco Leste, referente ao Trecho 1, que ligará a Avenida dos Pioneiros até o prolongamento da Avenida Londrina, na região leste da cidade. O valor máximo da licitação é de R$ 3.727.355,04 e este será o quarto, e penúltimo, dos cinco lotes que integram o cronograma do projeto Arco Leste. Após a conclusão total, as obras possibilitarão a interligação das rodovias PR-445 e BR-369, com diversas adequações no sistema viário para melhorar o fluxo de veículos nesse caminho.

O recebimento e abertura dos envelopes relativas ao processo licitatório, aberto pela Concorrência nº 017/2019, irão ocorrer no dia 5 de setembro deste ano. As informações podem ser obtidas na área de Licitações do portal da Prefeitura de Londrina, ou pelo link http://www.londrina.pr.gov.br/sistemas/licita/index.php . O prazo para conclusão é de 330 dias, a partir da assinatura da ordem de serviço.

A execução do Trecho 1 compreende a criação de dois viadutos para a transposição da linha férrea, a partir da UTFPR, chegando até a BR-369. Também contará com pavimentação e complementações na via, serviços de drenagem, sinalização viária e outras atividades, incluindo iluminação. Os trabalhos irão complementar as ações do Trecho 2, que já entraram na fase final de execução, abrangendo a intervenções no trecho da Avenida dos Pioneiros até a rotatória da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

De acordo com o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, esta nova fase do projeto proporcionará mais opções de percurso a quem utiliza as vias já existentes naquele ponto da região leste, facilitando a saída para Ibiporã. “Isso vai melhorar muito a mobilidade naquela área da cidade, porque hoje há pouca alternativa de fluxo, principalmente com os novos empreendimentos que têm saído no local. Para acessar o centro, haverá alternativa de sair pela BR-369 e ir no sentido da região oeste. Também facilitará bastante para quem sai para Ibiporã ou vem de lá e precisa acessar a área da UTFPR”, disse.

Verçosa ressaltou que o projeto do Arco Leste inclui a construção de trechos de pista, simples ou dupla, com outros complementos e contornos em vias já pavimentadas. Somados a isso, ainda há os serviços que serão executados como contrapartida pelas empresas responsáveis pelos empreendimentos construídos na região. “Diferentes vias da cidade estão sendo interligadas e facilitarão o trajeto da região da BR-369 até a PR-445, possibilitando que as pessoas tenham acesso a caminhos diferentes daqueles existentes hoje. A ligação das áreas norte e sul da cidade, hoje feito pela Avenida Dez de Dezembro, por exemplo, também vai ser possível no trajeto do Arco Leste”, frisou.

Já o Trecho 3 do Arco Leste, que será o último do projeto, depende de desapropriações de terrenos por parte da Prefeitura e ainda não tem prazo fixado para lançamento da licitação, que será elaborada em breve. As obras deste lote terão uma pista que será construída atrás do aeroporto, no final da Avenida Salgado Filho, até a Robert Koch, contornando por trás do aeroporto.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios