Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ao todo, 30.509 boletos serão entregues em Londrina, com data de vencimento para 7 de junho deste ano

Os concessionários da Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) começaram a receber os boletos referentes à Taxa de Administração dos Cemitérios de 2018. O documento está sendo entregue via Correios e a taxa anual deve ser paga até o 7 de junho deste ano.

Ao todo, 30.509 boletos serão entregues em Londrina. Eles correspondem à tarifa de 13 cemitérios municipais, sendo oito distritais (Heimtal, Warta, Irerê, Paiquerê, São Luiz, Maravilha, Guaravera e Lerroville), e cinco da zona urbana (São Pedro, João XXIII, Padre Anchieta, Jardim da Saudade e São Paulo).

A previsão é que a taxa gere R$ 2.126.000,00 para a autarquia. Dinheiro este que será utilizado, no próximo ano, para diversas obras de reparos, manutenção e melhorias como, por exemplo, a que foi realizada no Cemitério Municipal Jardim Saudade. Neste local, a Acesf realizou um serviço completo de drenagem, instalando poços de monitoramento de lençóis freáticos, pavimentando via principal do cemitério, colocando paver, reformou também a área do gavetário conjugado, construiu um depósito para resíduos restos de exumações e revitalizou o espaço. Nas obras de drenagem, investiu-se cerca de R$ 1,5 milhão provenientes da taxa de manutenção.

“Essa taxa foi instituída em 1997, mas apenas em 2013 teve sua regulamentação no Município. Ela é muito importante para a Acesf, porque gera um valor significativo que é destinado exclusivamente para obras de reparos e manutenção dos cemitérios municipais. É ela que permite o reforço na melhoria desses espaços e que nos ajuda, a embelezarmos os cemitérios”, explicou o superintendente da Acesf, Leonilso Jaqueta.

O valor da taxa varia de acordo com o cemitério e sua localização. O valor máximo cobrado pelo Município é de 50 UFIR, o que equivale a R$ 151,50 cobrados pelos jazigos do Cemitério São Pedro. Os concessionários dos Cemitérios Distritais pagam a taxa mais barata, que é de 10 UFIR, ou seja, R$ 30,30. Já o valor do Cemitério Jardim da Saudade é de R$ 36,36; do Cemitério Padre Anchieta é de R$ 60,60; do Cemitério São Paulo é de R$ 72,72 e do Cemitério João XXIII é de R$ 78,78.

O cidadão que não receber o boleto em casa até o dia 1º de junho pode emiti-lo através da internet. Basta acessar o endereço eletrônico da Acesf, http://acesf.londrina.pr.gov.br/, e clicar na página inicial onde está escrito “Emissão da Taxa de Manutenção”.

Aqueles que se mudaram, precisam se apresentar pessoalmente na sede da Acesf, na Avenida Juscelino Kubitscheck, 2.948. Eles devem ter em mãos os documentos de identificação, RG e CPF, e um comprovante de residência atualizado. Os concessionários que são de outras cidades e que tiverem dificuldades para irem pessoalmente podem mandar um e-mail para acesf.divcemiterios@londrina.pr.gov.br. A mudança de endereço é autorizada apenas para os concessionários ou seus herdeiros. Esse serviço não tem custo para o contribuinte. Em caso de dúvidas, o cidadão pode ligar para (43) 3372-7850.

Melhorias feitas com a taxa

Por meio do pagamento da Taxa de Manutenção, a Acesf conseguiu realizar diversas obras de melhorias nos cemitérios municipais. Entre elas estão: a revitalização dos banheiros do Cemitério de Lerroville; a revitalização do cruzeiro do Cemitério de São Luiz; revitalização do cruzeiro do São Pedro; revitalização da praça do Cemitério São Pedro; reforma da entrada do Cemitério de Irerê e de seu cruzeiro; construiu e reformou a calçada no entorno do São Paulo e do Cemitério São Pedro; fez reconstrução de parte do muro no Jardim da Saudade e São Pedro, fez pinturas nas paredes e muros dos cemitérios, calçamento, pavimentação das vias principais, instalou câmaeras de vídeomonitoramento, poços de monitoramento de lençóis freáticos plantou grama, mudas de orquideas e árvores; fez a poda e a erradicação das árvores condenadas, entre outras benfeitorias.

Projetos

Com o valor da taxa, a Acesf pretende fazer a ampliação do muro dos Cemitérios Padre Anchieta e São Pedro; construir o muro no entorno do Cemitério João XXIII; instalar concertina no muro do Cemitério Padre Anchieta e do São Pedro; instalar câmera de videomonitoramento no Cemitério Jardim da Saudade; e erradicar as árvores condenadas no Cemitério Jardim da Saudade, João XXIII, Padre Anchieta, São Paulo e no São Pedro.

Ana Paula Hedler/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios