Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Passageiros e usuários do Aeroporto Governador José Richa, em Londrina, contarão com mais uma opção de conforto. O terminal vai ganhar um VIP Lounge com área de trabalho e descanso, Wi-Fi de alta velocidade e serviço premium.

O VIP Lounge de Londrina ficará no piso térreo, na sala de embarque do aeroporto, e será comandado pelo W Premium Group, que tem mais de 10 anos de experiência e grandes projetos de sucesso na Europa e América Latina.

“O W Premium Group estabeleceu como objetivo geral melhorar a experiência de viagem do brasileiro. A oferta de um produto lounge premium é parte integrante desta estratégia. Estamos orgulhosos de poder iniciar essa colaboração com a Infraero, que visa satisfazer seus usuários", disse Diego R. Silva, sócio executivo do W Premium Group. O gestor explica ainda que devem abrir a sala VIP ao público em meados de setembro, coincidindo com o crescimento de voos e a demanda de passageiros.

Os clientes poderão acessar o espaço com várias bandeiras de cartões de crédito. No caso de não ser o titular de cartões, os clientes também poderão acessar mediante pagamento de uma cota de uso.

A superintendente do Aeroporto de Londrina, Sandra Oliveira, comemora a chegada de mais uma opção ao mix comercial do terminal paranaense. “Muito bom estarmos recebendo esse novo ambiente e disponibilizando mais conforto aos usuários do aeroporto”, afirmou.

Com vocação para os negócios, o Aeroporto de Londrina está localizado a 3,4 km do centro da cidade. Operam no terminal três companhias aéreas: Latam, Gol e Azul. Passageiros encontram um terminal moderno, com wi-fi grátis, mix comercial variado, serviço de caixas eletrônicos e estacionamento de veículos.

O Aeroporto Governador José Richa também conta com o sistema ELO. São três conectores climatizados que fazem a interligação dos embarques e desembarques com as aeronaves. Com 100% de tecnologia nacional, a ferramenta, se diferencia das pontes de embarque (fingers) por estabelecer uma ligação com a aeronave a partir de uma passarela em solo que apresenta duas opções para chegar à porta do avião: por escada ou por um elevador, com capacidade para 225 kg, para uso de cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida.

Asimp/Infraero

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios