Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em Londrina, o empresário foi responsável pela construção do Catuaí e do Londrina Norte Shopping, que juntos geram 8 mil empregos diretos e indiretos

Um dos idealizadores e responsáveis pela construção do shopping Catuaí, empreendimento lançado em 1990 e que alterou a dinâmica urbana da cidade, o engenheiro civil e empresário Alfredo Khouri será homenageado nesta sexta-feira (10) à noite pela Câmara de Vereadores e Assembleia Legislativa com os títulos de Cidadão Honorário de Londrina e de Cidadão Honorário do Paraná. A solenidade de outorga das honrarias será realizada a partir das 19h30, no espaço Villa Planalto, em Londrina. A homenagem municipal é concedida pela lei 12.751/2018, de autoria do vereador Vilson Bittencourt (PSB). Em âmbito estadual, o título é concedido por proposição dos deputados Alexandre Curi (PSB) e Tiago Amaral (PSB), por meio da lei 19.806/2018. 

O shopping Catuaí foi concebido pela construtora Khouri Ltda, por meio de seus sócios Alfredo Khouri e Jorge Khouri, nas margens da Rodovia Celso Garcia Cid (PR-445), zona sul da cidade, uma região pouco ocupada do município até a década de 90. Com a força polarizadora do empreendimento, Londrina ganhou uma nova centralidade urbana. “O principal motivo da entrega desta honraria municipal é o perfil empreendedor do empresário Alfredo Khouri, que trouxe muitos benefícios para Londrina. O Catuaí provocou a valorização da região sul da cidade. Trinta anos atrás aquela era uma área considerada distante, desligada da cidade e sem perspectivas de avanços. A partir da construção do shopping, houve a expansão da Gleba Palhano e dos condomínios fechados da região”, afirma o vereador Vilson Bittencourt.

Alfredo Khouri conta que a ideia inicial era erguer o shopping na Avenida Higienópolis, entre as ruas Goiás e Espírito Santo, na região central da cidade. Uma consultoria estrangeira, porém, recomendou um projeto mais ousado, com uma construção maior, caso a finalidade fosse transformar o centro de compras em um empreendimento regional, que atraísse moradores também dos municípios vizinhos. “Sabíamos que Londrina tinha um grande potencial. Na época a cidade contava com quase 400 mil habitantes, mas o shopping poderia atingir um público de cerca de 1 milhão de pessoas, porque no entorno, no Norte do Paraná, existem cidades a cada dez quilômetros”, afirma Khouri. Ele avalia que o empreendimento colaborou não apenas com o desenvolvimento econômico da região, mas movimentou culturalmente a cidade e trouxe novas opções de serviços e lazer.

O Catuaí não foi o único grande empreendimento do homenageado na cidade. Em 2008, Khouri, por meio do Grupo Catuaí, iniciou investimentos na região norte com a construção do Londrina Norte Shopping, voltado principalmente para as classes B e C. Três anos depois, a BRMalls Participações S.A. adquiriu 93% do Catuaí Shopping Londrina e 100% do Londrina Norte Shopping. “No ano passado complementamos a venda do Catuaí Londrina”, conta Khouri.

Segundo Vilson Bittencourt, os dois empreendimentos atualmente geram juntos cerca de 8 mil empregos diretos e indiretos em Londrina. Apesar da venda dos dois shoppings, Khouri conta que as relações com Londrina permanecem e que ele passa uma semana por mês na cidade, onde tem propriedades e negócios. O empresário diz receber com alegria a homenagem municipal e a estadual. “Fico honrado com os títulos. Acredito que ajudamos a desenvolver a cidade e o estado do Paraná não só com shoppings, mas com vários edifícios”, afirma.

Honraria

A lei municipal nº 11.538/2012 estabelece que o título de Cidadão Honorário de Londrina destina-se a agraciar pessoa não nascida no município e que “tenha se distinguido por feitos excepcionais em qualquer ramo de atividade, pelo seu extraordinário valor e exemplo como pessoa ou cidadão, pela concessão de benefícios de excepcional relevância ao Município ou por notáveis feitos públicos em prol da comunidade londrinense, paranaense ou brasileira”. De acordo com o regimento interno da Câmara, a sessão solene para a entrega dessa ou de outra honraria pode ser realizada na sede do Legislativo ou fora dela, quando aprovada pela Mesa Executiva.

Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios