Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com participação popular via Facebook, evento remoto debateu o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do município para 2022 (PL nº 70/2021) foi discutido na Câmara de Londrina, em audiência pública remota realizada ontem (16). O evento, organizado pela Comissão de Finanças e Orçamento, foi transmitido pelos canais do Legislativo nas redes sociais e contou com a participação popular via comentários de Facebook.

O vereador Giovani Mattos (PSC), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Londrina, destacou a relevância da audiência pública para a população ter acesso ao planejamento orçamentário do município. “É muito importante nós vermos como se prevê a utilização do dinheiro público. É um momento de a população expor suas ideias e seus questionamentos, assim como todos os vereadores”, disse.

Proposto pelo Executivo Municipal, o projeto de lei foi apresentado durante a audiência pública pela diretora de Orçamento da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Darling Mafatto Genvigir. Segundo ela, o município prevê para 2022 um total de receitas de R$ 2.292.766.000,00, incluindo R$ 877.712.000,00 em arrecadação tributária e R$ 1.055.989.000,00 em transferências oriundas do estado e da União. Em relação às despesas, a LDO estima o mesmo valor previsto para as receitas, ou seja, R$ 2.292.766.000,00, sendo R$ 1.231.537.000,00 destinados ao pagamento de pessoal (ativos, inativos e pensionistas) e encargos sociais.

Durante a audiência pública, o munícipe José Robson de Almeida, pastor evangélico, questionou por comentário do Facebook a respeito da dívida do município e por que ela “é tão alta”, se referindo ao montante de R$ 534.356.686,04 de dívida total, consolidada em 30/04/2021. A diretora da Secretaria Municipal de Planejamento, Darling Genvigir, explicou que a maior parte deste valor se refere a financiamentos feitos pelo município para bancar obras de infraestrutura, como, por exemplo, o Arco Leste e o viaduto da Avenida Dez de Dezembro próximo à rodoviária, ambos já concluídos. “A maioria destas obras que estamos vendo foram contratadas há alguns anos e elas são operações de longo prazo, o município tem 20 anos de amortização. Então isso faz com que ele dilua esse valor ao longo de 20 anos para fazer frente a todas estas obras que estão sendo feitas, porque, senão, nós não teríamos condições de fazer intervenções viárias, que vão melhorar o fluxo nas vias”, afirmou.

LDO

A Lei de Diretrizes Orçamentárias tem que ser discutida e aprovada anualmente. Ela estabelece as metas e prioridades que vão balizar a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022, respeitando o Plano Plurianual (PPA) referente aos anos de 2018 a 2021. A proposta da LDO 2022 foi protocolada na Câmara de Londrina no dia 16 de abril deste ano e possui 80 artigos contendo as metas e prioridades da administração pública municipal, organização e estrutura dos orçamentos, diretrizes específicas para o Poder Legislativo, diretrizes gerais para a elaboração, alteração e execução dos orçamentos do município, além de itens relativos às despesas com pessoal, legislação tributária e dívida pública. “Uma das funções da Lei de Diretrizes Orçamentárias é fazer essa conexão entre as ações que estão previstas no Plano Plurianual, para que depois elas integrem a Lei Orçamentária Anual, para serem concretizadas todas as ações necessárias no dia a dia da execução da administração pública”, explicou Darling Genvigir.

A LDO também prevê que os projetos de lei do PPA relativo a período de 2022 a 2025 e da LOA referente a 2022 sejam enviados à Câmara de Londrina até o dia 31 de agosto de 2021. Estas obrigações também estão contidas na Lei Orgânica do município.

Vinicius Frigeri/Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.