Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O objetivo da campanha, que começa na quarta-feira (19), é sensibilizar a sociedade para a importância da doação de leite humano. A atividade integra a programação do Fórum de Cooperação Técnica Internacional, que reúne, de 17 a 19 de maio, diversos países participantes da Rede Global de Bancos de Leite Humano.

O Banco de Leite Humano do Hospital Universitário (HU/UEL) promove na próxima quarta-feira (19), Dia Mundial de Doação de Leite Humano, a campanha internacional “Doação de leite humano: a pandemia trouxe mudanças, a sua doação traz esperança”. A atividade integra a programação do Fórum de Cooperação Técnica Internacional, que reúne, de 17 a 19 deste mês, diversos países participantes da Rede Global de Bancos de Leite Humano.

O objetivo da campanha é sensibilizar a sociedade para a importância da doação de leite humano. As mulheres que estão em fase de amamentação podem doar no HU/UEL e em pontos de coleta de Londrina, Cambé, Rolândia e Cornélio Procópio. “Cada frasco de leite pode alimentar até 10 crianças hospitalizadas”, afirma a enfermeira do BLH, Katiucy Sturião dos Santos Campana.

Para ser doadora, a mãe precisa estar saudável, amamentando o próprio filho e ter sobra de leite. Além dos pontos de coleta, as mulheres podem entrar em contato direto com a equipe do Banco de Leite Humano do HU/UEL pelo telefone (43) 3371-2390 (WhatsApp). O setor funciona de segunda a sexta-feira, das 08 às 17 horas e aos sábados das 7 às 11h30, no próprio HU/UEL.

Números

De janeiro até abril, a equipe do Banco de Leite Humano coletou 885 litros de leite – em média, 220 litros doados por mês. Porém, o estoque atual está entre 90 e 100 litros, muito abaixo do necessário para alimentar os bebês prematuros recém-nascidos do Hospital. 

Neste período, 681 mães em lactação fizeram a doação de leite, que alimentou em média, por mês, 480 bebês que estão hospitalizados no HU/UEL, Hospital do Coraçãozinho – Unidade Bela Suíça, Hospital Evangélico, Hospital Infantil, Maternidade Municipal, e na Casa da Misericórdia, em Cornélio Procópio.

Rede Global

Organizado pela Rede Global de Bancos de Leite Humano (rBLH), o Fórum de Cooperação Técnica Internacional começa na segunda-feira (17), às 10 horas. Esta edição tem como tema “Doação de Leite Humano - Lições aprendidas durante a pandemia de Covid-19. O que podemos fazer a mais?”. As inscrições estão abertas e poder ser feitas no site da da rBLH.

Em formato virtual e com tradução simultânea em três idiomas – português, inglês e espanhol – o evento segue até dia 19. O objetivo é compartilhar saberes e práticas destinadas a transpor as barreiras impostas pela Covid-19 aos Bancos de Leite Humano no mundo.

No primeiro dia, a partir das 11 horas, a programação abre espaço para apresentar as vivências dos Bancos de Leite das diferentes regiões do Brasil. O Banco de Leite Humano do HU/UEL, referência no Estado, irá representar o Paraná. A apresentação será feita pela enfermeira Katiucy Sturião dos Santos Campana, que falará sobre “Aprendendo e inovando para transpor a pandemia”.

O evento é aberto a toda sociedade, com participação de profissionais que trabalham em bancos de leite humano, serviços de saúde, Ministério da Saúde, Secretarias de Saúde, universidades e instituições de pesquisa, além de estudantes, doadoras e seus familiares, pessoas de diferentes seguimentos sociais, além de representantes ONGs e OPAS/OMS.

Toda a programação pode ser acessada no SITE do Fórum de Cooperação Técnica Internacional.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.