Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Programa que visa incentivar a participação de empresas locais em licitações públicas ganhou ainda a participação de outros órgãos municipais e UEL

Às vésperas de iniciar uma grande reforma em sua sede, a Câmara Municipal de Londrina aderiu na quinta-feira (7) ao programa Compra Londrina, que visa dar maior visibilidade aos processos licitatórios de órgãos públicos e incentivar empresas locais a disputarem contratos de realização de obras e de fornecimento de bens e serviços. Além do Legislativo, assinaram o termo de adesão ao programa a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Hospital Universitário (HU); a Sercomtel Telecomunicações; a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e a Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-Ld).

Entre os principais resultados da iniciativa, destacados em cerimônia realizada na Sala dos Conselhos da UEL, estão a economia de recursos públicos e os impactos benéfícos para as empresas locais. Só em 2018, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Gestão Pública, a participação de fornecedores locais nas licitações públicas subiu de 16% para 40%, injetando mais de R$ 50 milhões na economia do município. Além dos recursos financeiros, foram destacados outros objetivos do programa, como credibilidade, previsibilidade e transparência nos processos.

Valorização

“Vejo o programa como uma forma de priorizar não só nossas empresas, mas também os nossos trabalhadores. Esta é, portanto, uma forma de valorizar o que é nosso”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, vereador Ailton Nantes (PP), lembrando a importância de o Legislativo participar do Compra Londrina neste momento, em que se prepara para iniciar os processos licitatórios para a reforma geral no prédio. “Porém, o Compra Londrina também deverá atrair novas empresas para a cidade, principalmente as que trabalham com foco em licitações de órgãos públicos”, lembrou Nantes, que foi acompanhado na cerimônia pelo diretor-geral da Câmara, Mark de Almeida, e pelo gerente do Departamento de Suprimentos e Patrimônio, Luiz Fernando Moraes Marendaz.

Além do presidente do Legislativo, assinaram o termo de adesão ao programa Compra Londrina o reitor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), professor Sérgio de Carvalho; o presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), Marcelo Cortez; o presidente da Sercomtel Telecomunicações, Claudio Tedeschi e o presidente da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-Ld), Luiz Cândido de Oliveira, além da diretora de Serviços da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Marcia Mocelin Manfrin. Também participaram da cerimônia o prefeito Marcelo Belinati (PP); o secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti; o gerente regional do Sebrae, Sérgio Ozório; e o representante do Observatório de Gestão Pública de Londrina, Gabriel Alcântara e Silva.

Silvana Leão/Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios