Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Grupo criado em fevereiro foi encerrado com apresentação de relatório parcial, pois as concessões das rodovias ainda não se concretizaram

Ontem (23), os vereadores de Londrina aprovaram o encerramento da Comissão Especial (CE) de Acompanhamento do Novo Modelo de Pedágio do Paraná e a formação de uma nova comissão para receber todos os documentos obtidos pelo grupo e dar continuidade ao trabalho. Regimentalmente, esta terça foi o último dia do prazo de funcionamento da comissão especial, criada em fevereiro, já considerando que houve uma prorrogação de prazo.

A vereadora Lenir de Assis (PT), relatora da comissão, disse que ainda não foi publicado edital de licitação para concessão das rodovias paranaenses e que no fim deste mês vencem os contratos com as atuais concessionárias. Desta forma, segundo ela, é necessária a criação de nova comissão para acompanhar os desdobramentos. “Temos dezenas de obras que ainda não foram executadas, no entanto, algumas destas apresentam-se novamente no novo modelo apresentado. Tudo indica que ainda teremos um tempo para que este novo modelo de pedágio do Paraná seja devidamente apresentado. Por este motivo, a comissão encerra o trabalho, porque hoje é o último dia, mas a comissão se considera inconclusa, porque o próprio modelo de pedágio do Paraná, razão pelo qual essa comissão foi criada, ainda não foi apresentado e o edital ainda não está posto”, afirmou.

Assis apresentou em plenário um relatório parcial dos trabalhos desenvolvidos e destacou a atuação da Câmara Municipal para barrar a instalação de uma praça de pedágio na PR-445, dentro do município de Londrina. Em 12 de agosto, os vereadores aprovaram por unanimidade o envio de uma nota de repúdio contra a inserção do pedágio neste trecho da rodovia, destinada ao governador Ratinho Júnior, ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep), Ademar Traiano, e ao coordenador da Frente Parlamentar sobre o Pedágio da Alep, Arilson Chiorato. Os vereadores da comissão também se reuniram com representantes do setor produtivo e moradores de distritos rurais para discutir o tema. 

A nova comissão especial terá a mesma composição da CE anterior. Além de Lenir de Assis, também fazem parte os vereadores Madureira (PTB), como presidente, e Beto Cambará (Podemos), como membro.

Vinicius Frigeri/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.