Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Veículos serão utilizados principalmente em visitas à zona rural e viagens oficiais

A Câmara Municipal de Londrina (CML) recebeu oficialmente ontem (19) duas caminhonetes doadas pela Delegacia da Receita Federal do Brasil em Londrina: uma Chevrolet S10 (modelo 2013) e uma Volkswagen Saveiro (modelo 2017). Os automóveis serão utilizados nos trabalhos legislativos, como visitas à zona rural e viagens oficiais. "Esses veículos recebidos vão proporcionar uma economia ao erário. […] Um dos veículos será importante nas visitas a áreas rurais e o outro em viagens dos vereadores, para que possam representar a Câmara em outras cidades", afirmou o presidente da CML, vereador Jairo Tamura (PL). A frota do Legislativo é composta hoje por cinco carros, mas a manutenção de dois deles já não é mais viável devido ao alto custo.

As duas caminhonetes recebidas pela Câmara foram avaliadas em R$ 102.339,00 pela Receita. A entrega contou com a presença do delegado Reginaldo Cezar Cardoso, titular da Delegacia da Receita Federal do Brasil em Londrina. "A gente sabe que todos os órgãos públicos estão com o orçamento muito apertado e esse é um meio legal de a gente contribuir com outros entes públicos. Eu, particularmente, vejo essa destinação a órgãos públicos como mais benéfica à sociedade do que colocar um veículo deste em leilão. Das várias formas de destinação que nós temos para esses bens, a destinação para o órgão público cumpre melhor essa função social", disse Cardoso. Em junho, a CML também recebeu a doação de eletrônicos apreendidos pela Receita, como celulares e tablets. Os equipamentos, avaliados em R$ 42.425,25, estão sendo utilizados no trabalho do Legislativo.

Marcela Campos/Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.