Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Unidade, voltada ao atendimento de pacientes com dependência química, já está funcionando em novo endereço

A sede do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) agora está em novo endereço. A unidade foi transferida nesta semana para a avenida Juscelino Kubitscheck, 3.421, esquina com a Duque de Caxias, e os atendimentos ali já iniciaram.

Anteriormente, o CAPS AD estava situado no conjunto Milton Gavetti, zona norte da cidade. Com a mudança para a área central, o intuito é facilitar o acesso da população ao serviço. E, também, proporcionar aos servidores e usuários um ambiente mais confortável, espaçoso e adequado às atividades.

“A inauguração da nova sede do CAPS AD é mais um grande avanço da administração do prefeito Marcelo Belinati, pois faz parte do Programa de Reestruturação da Saúde Pública, lançado em 2017 e que não parou desde então. E atende uma grande reivindicação da comunidade, usuários, trabalhadores que ali atuam e do Ministério Público”, disse o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

Para a nova sede, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), adquiriu móveis planejados, o que otimizou o espaço interno do prédio. Agora, além do CAPS AD, o local abriga também a equipe do Consultório na Rua e a sede do Conselho Municipal de Política sobre Álcool e Drogas (COMAD).

“O ambiente agora é amplo, com várias salas, próprias inclusive para atendimento em grupo multiprofissional. É uma mudança que melhora ainda mais a qualidade dos nossos serviços. Os pacientes serão atendidos de forma adequada e os servidores terão melhor condição de trabalho. Nosso intuito é aumentar a adesão ao tratamento, haja vista o fácil acesso para a nova sede”, frisou Machado.

De acordo com a diretora de Serviços Complementares de Saúde, Claudia Denise Garcia, o prédio que abrigava o CAPS AD na zona norte era utilizado de forma provisória. “Estamos há alguns anos buscando por imóveis que comportassem melhor o serviço, tanto na questão do espaço físico como localização. Esse prédio foi ocupado pelo PAI durante a reforma, ficou disponível e é adequado às nossas necessidades, por isso foi possível efetivarmos a mudança”, comentou.

Mesmo no curso da pandemia, o CAPS AD manteve os atendimentos, com variações para garantir as medidas de distanciamento social. “A pandemia nos trouxe algumas restrições. No entanto, seguimos oferecendo os nossos serviços. Em 2019, registrávamos cerca de 500 usuários por mês. Acreditamos que com essa mudança para o centro a gente obtenha maior adesão, e que as pessoas busquem graças a essa localização mais acessível”, disse a diretora.

O CAPS AD atua com equipe multiprofissional na assistência aos pacientes com dependência química. Também é responsável pela regulação para internação em comunidades terapêuticas com vagas contratadas pelo Município.

“Não é uma unidade de Pronto Atendimento, mas as pessoas podem ir encaminhadas pelas unidades ou de forma espontânea. O paciente passa por acolhimento, que vai ouvir a demanda para inserir ou encaminhar essa pessoa, conforme as necessidades observadas. Temos um rol de profissionais de várias áreas, incluindo psicologia, terapia ocupacional, serviço social, psiquiatria e outras”, detalhou Garcia.

O atendimento no CAPS AD funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h. O telefone para contato é (43) 3379-0877.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios