Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A proposta é reunir crianças, adultos e idosos em um momento de diversão durante a exibição do filme A Família Buscapé

A Secretaria Municipal do Idoso (SMI) promove nesta terça-feira (28) uma sessão do projeto Cinema Intergeracional. A proposta é reunir crianças, adultos e idosos em um momento de diversão durante a exibição do filme A Família Buscapé. Será às 14h, no Centro de Convivência da Pessoa Idosa "Benedito Camargo Sobrinho" (CCI) Oeste, que fica na rua Serra Pedra Selada, 111, no Jardim Bandeirantes.

O evento é aberto ao público e não exige inscrição. Cada idoso pode levar um acompanhante, como filho, neto, afilhado ou amigo, com idade a partir de oito anos. A ação tem como objetivo estimular o convívio entre pessoas acima de 60 anos e o público mais jovem. O lugar comporta 50 pessoas e vai oferecer pipoca, chá e café.

De acordo com a pedagoga da SMI que coordena a atividade, Maria Aparecida da Silva, espera-se que o filme renda boas risadas entre os presentes. “Muitas vezes mostramos filmes que mexem com as emoções, sentimentos e provocavam uma reflexão. Para amanhã, escolhemos algo mais leve: uma comédia pra eles rirem bastante. O filme mostra a convivência familiar entre um homem que viaja com a avó, pai, tio, e outros parentes. A mensagem transmitida é que por mais problemas que eles passem, nunca deixam a família para trás”, contou.

O filme A Família Buscapé conta a história de Jed Clampett, um homem simples do campo, que encontra petróleo em sua propriedade e fica milionário da noite para o dia. Ele decide se mudar com sua família para uma região da Califórnia povoada por ricos. Devido ao choque cultural, o grupo sofre para se adaptar à nova vida que está cheia de oportunistas, incluindo os empregados que só querem roubar o dinheiro da família.

Cinema Intergeracional

O projeto teve início em fevereiro deste ano e a proposta é proporcionar momentos prazerosos de lazer e o fortalecimento dos vínculos familiares, reforçando a convivência entre diferentes gerações. “Nosso objetivo é fazer com que as crianças percebam o quanto os idosos têm para oferecer, ensinar e partilhar conhecimentos e histórias”, contou Maria Aparecida.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios